Os dois destinos de Portugal. A problemática imagologia portuguesa no seu diálogo com a Europa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2020.148497

Palavras-chave:

História, Portugal, CEE, Imagologia, Iberismo, Comunidade Econômica Europeia

Resumo

O artigo parte de representações contidas no romance A jangada de pedra, de José Saramago, lançado no ano do ingresso de Portugal na Comunidade Econômica Europeia, para revisitar o conceito de “imagologia” de Eduardo Lourenço. Tenta-se compreender como episódios traumáticos da história portuguesa deram origem, no passado, a projetos iberistas e à produção de uma autoimagem diminuída de Portugal, em particular no que se refere à sua posição no concerto europeu de nações. Produz-se uma crítica quanto à operacionalidade do conceito de Lourenço, atentando para suas fragilidades intrínsecas, e se adota – também com base na história de Portugal, mas a partir de uma visão mais abrangente – postura moderadora, em dissonância com o posicionamento do Prêmio Nobel português. O texto é uma tentativa de estabelecer um diálogo entre História das Ideias e História tout court, no intuito de enriquecer a análise sobre o lugar que ocupa Portugal na Europa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Macêdo Mendonça, Universidade de Coimbra

Doutorando em Línguas Modernas: Literaturas, Culturas e Tradução. Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Departamento de Línguas Modernas: Culturas, Literaturas e Tradução. 

Referências

AGUIAR, João Valente & BASTOS, Nádia. A História e a construção histórica na obra de José Saramago. Crítica Marxista, Campinas, n. 31, p. 11-22, 2010. Disponível em: <http://bit.ly/2maU0JF>. Acesso em: 10 set. 2019.

AGUILERA, Fernando Gómez (ed.). José Saramago nas suas palavras. Alfragide: Editorial Caminho, 2010.

AMARAL, João Ferreira do. O impacto económico da integração de Portugal na Europa. Nação e defesa, Lisboa, n. 115, p. 113-128, 2006. Disponível em: http://bit.ly/2k5lq2K. Acesso em: 10 set. 2019.

BOTELHO, Samira Daura. Literatura, história e memória em A jangada de pedra, de José Saramago. Emblemas: Revista do Departamento de História e Ciências Sociais, Catalão, v. 8, n. 2, p. 299-316, 2011. Disponível em: <http://bit.ly/2lGo8fM>. Acesso em: 10 set. 2019.

CABRAL, Francisco Sarsfield. Europa e projecto nacional. Nação e defesa, Lisboa, n. 4, p. 34-43, 1978. Disponível em: <http://bit.ly/2kCQt6o>. Acesso em: 5 abr. 2018.

COELHO, Gislene Teixeira. A jangada de José Saramago e um continente em crise. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRALIC, 13., 2013, Campina Grande. Anais… Campina Grande: Editora Realize, 2013, p. 1-8. Disponível em: <http://bit.ly/2kpNm1H>. Acesso em: 22 mar. 2018.

FRAGA, Gustavo de. Antero e o federalismo peninsular. Revista Portuguesa de Filosofia, Ann Arbor, v. 47, n. 2, p. 227-245, 1991.

GODK, Bruna Dancini. Desterritorializações Saramaguianas: uma leitura de A jangada de pedra (José Saramago). Dissertação de mestrado em Letras, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016. Disponível em: <http://bit.ly/2m2O3yb>. Acesso em: 22 mar. 2018.

JUSTO, Carlos Pazos. A jangada de pedra de José Saramago: repertório e sistema interliterário ibérico. Diacrítica: Ciências da Literatura, Braga, v. 22, p. 197-209, 2008. Disponível em: <http://bit.ly/2k97B3l>. Acesso em: 10 set. 2019.

LOURENÇO, Eduardo. Nós e a Europa ou as duas razões. Lisboa: Imprensa Nacional: Casa da Moeda, 1994.

LOURENÇO, Eduardo. O labirinto da saudade. Lisboa: Gradiva, 2018a.

LOURENÇO, Eduardo. Portugal como destino seguido de Mitologia da saudade. Lisboa: Gradiva, 2018b.

MARQUES, António Henrique Rodrigo de Oliveira. Breve história de Portugal. Lisboa: Editorial Presença, 2009.

MONTEIRO, Nuno Gonçalo & PINTO, António Costa. A identidade nacional portuguesa. In: PINTO, António Costa (coord.). Portugal contemporâneo. Lisboa: Dom Quixote, 2005, p. 51-65.

NASCIMENTO, Naira Almeida. A jangada e a nau: a nação portuguesa de José Saramago e de Eduardo Lourenço. Revista Letras, Curitiba, n. 90, p. 149-192, 2014. Disponível em: <http://bit.ly/2lHZqLS>. Acesso em: 10 set. 2019.

PEREIRA, João Martins. Pensar Portugal hoje. Lisboa: Dom Quixote, 1971.

PEREIRA, João Martins. No reino dos falsos avestruzes: um olhar sobre a política. Lisboa: A regra do jogo, 1983.

PEREIRA, Maria de Lourdes. Em busca de uma memória ibérica. Res-publica: Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais, v. 5, n. 6, p. 7-15, 2007. Disponível em: <http://bit.ly/2maVMKP>. Acesso em: 10 set. 2019.

PINTO, António Costa & TEIXEIRA, Nuno Severiano. Portugal e a integração europeia, 1945-1986. In: PINTO, António Costa & TEIXEIRA, Nuno Severiano (org.). A Europa do Sul e a construção da União Europeia: 1945-2000. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2005, p. 17-43.

PINTO, Fernanda Maria Reis da Fonseca Ferreira. A integração de Portugal nas Comunidades Europeias. Dissertação de mestrado em Estudos Europeus, Universidade de Coimbra, Coimbra, 2011. Disponível em: <http://bit.ly/2m2OSaf>. Acesso em: 5 abr. 2018.

QUENTAL, Antero de. Causas da decadência dos povos peninsulares. Lisboa: Tinta da China, 2017.

ROCAMORA, Jose Antonio. Causas do surgimento e do fracasso do nacionalismo ibérico. Análise Social, v. 28, n. 122, p. 631-652, 1993. Disponível em: <http://bit.ly/2k7MtKQ>. Acesso em: 10 set. 2019.

SARAMAGO, José. A jangada de pedra. Porto: Porto Editora, 2015.

SILVA, Marisa Corrêa. José Saramago: o iberismo como utopia. Acta Scientiarum, Maringá, v. 24, n. 1, p. 67-70, 2002.

SOBRAL, José Manuel. Portugal, portugueses: uma identidade nacional. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2012.

Downloads

Publicado

2020-02-07

Edição

Seção

Artigos