Apresentação dossiê “Moda & História”

  • Luís André do Prado Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Dossiê Moda e História, História da Moda, Brasil, Gilda de Mello e Souza

Resumo

Este dossiê – primeiro sobre o tema moda nesta Revista de História – é dedicado ao doutoramento em Ciências Sociais de Gilda de Mello e Souza (1919- 2005), defendido em 20 de junho de 1950 na Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas (FFLCH), e intitulado A moda no século XIX. Pioneira no estudo de moda no Brasil, a tese só mereceu publicação comercial em 1987, com o título O espírito das roupas (SOUZA, 1987). O longo lapso temporal em que permaneceu negligenciado não encaneceu o trabalho da filósofa; ao contrário, seu reconhecimento foi se ampliando com o passar dos anos e o posiciona, hoje, como o mais relevante estudo sobre o tema já produzido no Brasil. (1º parágrafo do texto)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luís André do Prado, Universidade de São Paulo (USP)

Doutorando do Departamento de História Econômica da Universidade de São Paulo (USP); graduado em Comunicação Social pela PUC-MG (1974-1979); reporter geral Estado de Minas (1979-1985); reporter e chefe sucursal BH da Folha de S. Paulo (1985-1987); subeditorde cultura IstoÉ (1987-1988); coordenador de comunicação CREA-SP (1994-1997), coordenador de pesquisas do Museu da Pessoa (1994-1997); coordenador comunicação CRP-SP (1999-2001), coordenador geral Pyxis Editorial (2002-2014). Livros: Cacilda Becker, fúria santa. São Paulo: Geração Editorial, 2002. História da moda no Brasil, das influências às autorreferências. São Paulo: Disal, 2011 (com João Braga).

Referências

Referências

LIPOVETSKY, Gilles. O Império do Efêmero. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
SOUZA, Gilda de Mello e. O espírito das roupas. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
Publicado
2019-08-29
Seção
Dossiê: Moda e História