Formas e sentidos da identidade nacional: o malandro na cultura de massas (1884-1929)

Autores

  • Tiago de Melo Gomes Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.v0i141p59-73

Palavras-chave:

cultura de massas, teatro de revista, identidade nacional, malandro, símbolos nacionais

Resumo

Este artigo é um estudo da presença do malandro como símbolo nacional em dois momentos da cultura de massas: a virada do século e a década de 1920. Ao analisar o malandro em dois contextos diferentes, o autor pretende apontar usos e sentidos diversos deste tipo na construção de uma identidade nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1999-12-30