Immanuel Wallerstein e o moderno sistema mundial

  • José Jobson de Andrade Arruda Departamento de História - FFLCH/USP
Palavras-chave: Wallerstein, Economia, Moderno Sistema Mundial

Resumo

(primeiro parágrafo do texto)

Immanuel Wallerstein é diretor do Centro Fernand Braudel para o Estudo de Economias, Sistemas Históricos e Civilizacionais (Binghamton, N.Y.) e editor da revista trimestral Review. Seu projeto mais amplo é a busca dos elementos determinantes do sistema mundial moderno. Para tanto, dividiu o seu trabalho em quatro partes principais, às quais con-sidera as quatro épocas fundamentais apresentadas pelo dito sistema até hoje. O primeiro volume, objeto desta resenha crítica, cobre o período de 1450 a 1640, correspondendo ao estudo das origens e condições primitivas do sistema mundial até então exclusivamente um sistema europeu. O segundo volume, já publicado, ocupar-se-ia da consolidação do sis-tema entre 1640 e 1815. O terceiro volume, referente ao período de 1815 a 1917, estará centrado na recriação do sistema decorrente das vertiginosas transformações resultantes do dinamismo tecnológico e do avanço do industrialismo no século XIX. O quarto volume cuidará da consolidação da economia — mundo capitalista, a partir de 1917 até a atualidade, e das tensões "revolucionárias" particulares que esta conso lidação tem provocado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1983-12-07
Seção
Ensaios Bibliográficos