Os misteriosos habitantes do de-serto de Judá

  • Raimundo Almeida Cintra
Palavras-chave: Essênio, Qumran, manuscritos, Mar Morto

Resumo

BONHOME (Pe. Manuel Jiménez F. ). — Os misteriosos habitantes do de-serto de Judá. Edição do Verbo Divino. Rua Verbo Divino, 986, Santo Amaro, São Paulo, 1977 e Cantam Essênios no deserto vivo, do mesmo autor.

(primeiro parágrafo do artigo)

Pela primeira vez edita-se no Brasil algo sobre os famosos Manuscritos de Qumran, na Palestina. Como se sabe, no outono de 1947, nessa localidade, situada a doze quilômetros de Jericó, num desfiladeiro que vai das margens do Mar Morto ao deserto de Judá, uma ocorrência fortuita veio revolucionar o campo das Ciências relativas à Bíblia judaica. Dois pastores beduinos, procurando uma ovelha extraviada, encontraram dentro de uma gruta numerosas jarras contendo estranhos pergaminhos. Novas descobertas, em outras grutas das cercanias, permitiram aos especialistas reconstituir a Biblioteca dos Essênios. Na interpretação desses manuscritos desempenharam papéis importantes o professor Subenik da Universidade de Jerusalém e o Pe. Roland de Vaux, diretor da Escola Bíblica de Jerusalém. Entre os livros da Biblioteca figuram quase todos os escritos do Antigo Testamento, Regras monásticas, Comentários sobre os Profetas hebráicos, Hinos e Cânticos religiosos. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1977-09-14
Seção
Resenha Bibliográfica