As raízes do regalismo brasileiro

  • Tarcísio Beal Incarnate Word College - San Antonio - Texas - USA
Palavras-chave: Regalismo brasileiro, Portugal, Marquês de Pombal

Resumo

(primeiro parágrafo do texto)

Do Concílio de Trento até 1750, quando o Marquês de Pombal tornou-se Primeiro Ministro de Dom José I, Portugal havia permanecido isolado do movimento intelectual da Europa de alem-Pirineus. Pombal, que havia de governar Portugal até 1777, iniciou então um período de rápidas transformações que afetaram profundamente a Igreja e a sociedade em geral. E  como resultado de seus esforços o Regalismo, ou seja, o controle excessivo da Igreja pelo Estado com a consequente perda da influência romana, apareceu  como a atitude dominante em Portugal e, por extensão, no Brasil. As relações entre Igreja e Estado devem daí em diante ser estudadas sob esse prisma. Dado que no Brasil a Igreja foi grandemente influenciada pelas medidas do Marquês de Pombal em relação à Companhia de Jesus e à Universidade de Coimbra, é sobretudo no século XVIII que encontraremos as forças e as transformações que determinaram o carater do Regalismo brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1976-12-30
Seção
Artigos