O primeiro sacramento - batismos de escravos em Iguape (1811-1850)

Autores

  • Agnaldo Valentin Universidade de São Paulo
  • José Flávio Motta Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2014.89010

Palavras-chave:

Batismos de escravos, orizicultura em Iguape, economia e demografia da escravidão

Resumo

Com base em registros de batismo de crianças escravas e nas listas nominativas de habitantes, estudamos diversas características desse primeiro sacramento católico. A partir do cruzamento nominativo dessas fontes, nossa atenção está nos batismos, nos infantes batizados, em seus pais, padrinhos e proprietários, tomados sobre o pano de fundo do dinamismo da rizicultura em Iguape, São Paulo, no Vale do Ribeira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Agnaldo Valentin, Universidade de São Paulo

O autor é doutor em História pelo Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade e professor doutor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades.

José Flávio Motta, Universidade de São Paulo

O autor é doutor em Economia, professor associado-3 e livre-docente da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, no Departamento de Economia.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Edição

Seção

Artigos