Os ministros da justiça da América portuquesa

Autores

  • Isabele de Matos Pereira de Mello Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2014.89016

Palavras-chave:

Administração da justiça, ouvidor geral, juiz de fora

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre o papel dos ouvidores-gerais e juízes de fora como principais responsáveis pelo governo da justiça na América portuguesa ao longo do século XVIII. Busca dimensionar os espaços de jurisdição dos ouvidores-gerais e juízes de fora, através de uma análise de suas competências, atribuições e acúmulos de funções no âmbito geral da organização administrativa das comarcas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Isabele de Matos Pereira de Mello, Universidade Federal Fluminense

Doutora em História Social. Em estágio pós-doutoral PNPD/Capes. Agradeço a leitura e sugestões de Maria Fernanda Bicalho, Ronald Raminelli e dos pareceristas ad hoc da Revista de História – FFLCH/USP.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Edição

Seção

Artigos