Foco e Escopo

A “Revista de Medicina” é um periódico trimestral, que tem por finalidade a publicação de artigos de profissionais e estudantes de medicina e ciências afins, bem como a exploração de temas importantes para a formação médico-acadêmica. O artigo deverá atingir um nível de complexidade de forma a atender alunos de graduação de curso superior e pós-graduação stricto e lato sensu. Para esse fim, sempre que possível, encoraja-se um enfoque fisiopatológico ao texto. Somente serão aceitos artigos de caráter médico-científico. Deseja-se que sejam citadas referências atualizadas, permitindo leituras complementares mais aprofundadas. Artigos de revisão serão aceitos mediante aprovação do Conselho Consultivo.

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos aceitos pelo Corpo editorial serão encaminhados a um membro do Conselho Consultivo. este designará relatores responsáveis pela avaliação dos artigos. O autor permanecerá anônimo perante o Conselho Consultivo e os relatores, e estes permanecerão anônimos perante o autor. Caso o artigo não seja aprovado pelo Conselho Consultivo, os autores serão comunicados desta decisão. O Corpo editorial se reserva o direito a realizar adaptações ao estilo da Revista e corrigir eventuais erros gramaticais, de grafia, de digitação, de normalização bibliográfica, nos unitermos e key words, sem alterações no conteúdo dos artigos.Toda matéria relacionada à investigação humana e à pesquisa animal deve ter aprovação prévia da Comissão de Ética da Instituição onde o trabalho foi realizado, de acordo com as recomendações da Declaração de Helsinque (1964 e suas versões posteriores de 1965, 1983 e 1989), as Normas Internacionais de Proteção aos Animais e a Resolução nº 196/96 do Conselho Nacional de Saúde sobre pesquisa envolvendo seres humanos.

Periodicidade

Trimestral

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de indexação

LILACS (BIREME) - Literatura Latinoamericana e do Caribe em Ciências da Saúde. http://bireme.org

LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal - http://www.latindex.unam.mx/

Ética

A Revista de Medicina da USP segue os princípios de ética contidos no Código de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Histórico do periódico

Desde 1916, a Revista de Medicina é publicada trimestralmente como um periódico científico acadêmico da área de Medicina e ciências da saúde. É hoje, a revista científica acadêmica mais antiga do mundo ainda em circulação. A partir do v.97, n.1 de 2018, passou a ser  bimestral.

Em 1939, criou-se o Departamento Científico (DC), dentro do Centro Acadêmico Oswaldo Cruz (CAOC), cuja única função era editar a Revista de Medicina. Em 1941, houve a primeira eleição para o DC, separada da eleição para o CAOC, por isso conta-se que o DC tem 76 anos.

Hoje, a Revista é enviada para mais de 150 Universidades no mundo todo, é indexada à base de dados LILACS e foi avaliada pela CAPES como nível B em medicina.

A nossa intenção ao editar a Revista de Medicina é apoiar a atividade científica dos alunos e estimular a leitura de artigos científicos. Sem dúvida, a prática médica hoje exige uma atualização constante e a inquestionável necessidade de se ler artigos científicos. Portanto, é importante habituar-se a isso desde a Graduação.