Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Terapia assistida por animais e sua influência nos níveis de pressão arterial de idosos institucionalizados

Fernanda de Toledo Vieira, Racire Sampaio Silva, Valéria Rosseto Lemos, Romildo Rocha Azevedo Júnior, Irineu Vieira Lopes Neto, Marcel de Toledo Vieira, Marcelo Renan de Deus Santos, Daniele Vieira Baltar de Oliveira Jorge

Resumo


A terapia assistida por animais (TAA) é utilizada como instrumento no tratamento de doenças, com diversos efeitos benéficos em paciente psiquiátricos, hospitalizados, idosos, dentre outros. A TAA objetiva promover o bem-estar, saúde emocional, física, social e cognitiva, sendo o animal o principal agente da terapia, que funciona como ponte de ligação entre o tratamento e o paciente. A institucionalização do idoso ocorre, geralmente, após ocorrência de alterações físicas, cognitivas, doenças agudas ou crônicas, perda do cônjuge ou filho, perda de apoios sociais, pobreza, gerando dependência na realização das atividades da vida diária e locomoção. Trata-se de estudo clínico experimental controlado, realizado em uma casa de repouso em Vila Velha, ES, com o objetivo de avaliar a influencia da TAA na pressão arterial de idosos hipertensos institucionalizados. Participaram do estudo 25 idosos. As variáveis utilizadas no trabalho foram TAA (independente), variação de Pressão Arterial (dependente) e idade (controle). Foram realizadas sessões de TAA semanalmente com a duração de 1 hora e a pressão arterial foi aferida com uso de esfigmomanômetro antes e após a cada sessão durante 4 meses. Observou-se melhor controle dos níveis pressóricos além da promoção de momentos de alegria e relaxamento da amostra representativa do grupo de idosos institucionalizados.

Palavras-chave


Idoso; Alternativas ao uso de animais; Pressão arterial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v95i3p122-127

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.