Análise da produção científica sobre comunicação terapêutica no campo da saúde, saúde mental e álcool e outras drogas

  • Marina Paranhos Jalles Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Viviane Silva Januário dos Santos Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Amanda Márcia dos Santos Reinaldo Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Palavras-chave: Comunicação em saúde, Usuários de drogas, Humanização da assistência, Saúde mental, Transtornos relacionados ao uso de substâncias/terapia.

Resumo

Introdução: A comunicação terapêutica é o conjunto de técnicas/habilidades/intervenções com potencial terapêutico no processo de recuperação e reabilitação no campo da saúde, com vistas a atender as necessidades do paciente. Objetivo: O objetivo deste trabalho é analisar as produções disponíveis sobre as técnicas, estratégias e importância da comunicação terapêutica em saúde, saúde mental e álcool e outras drogas. Metodologia: Trata-se de uma revisão narrativa da literatura de 2000 a 2016, cujos dados foram coletados de fevereiro a junho de 2016 na Biblioteca Virtual de Saúde (BVS-BIREME) e Pubmed. Os descritores utilizados foram: dependência química, dependência de substâncias psicoativas e comunicação em saúde. Resultados: Foram encontradas 697 produções, sendo selecionados 15 artigos com texto completo disponível em suporte eletrônico e que obedeciam aos critérios de inclusão. Não foram encontradas publicações que abordassem a comunicação terapêutica no cuidado com os usuários de álcool e outras drogas. O maior número de publicações ocorreu entre os anos de 2004-2005, 2009 e 2012, com duas publicações em cada ano. Discussão: Os resultados apresentados evidenciaram a importância da comunicação terapêutica em saúde e no campo da saúde mental no processo de cuidar. Apesar de ser um instrumento de trabalho reconhecido, pouco tem se estudado no âmbito da saúde mental e álcool e outras drogas. Conclusão: A comunicação terapêutica é uma necessidade na construção e avaliação do Projeto Terapêutico Singular. Aponta-se a necessidade de estudos empíricos sobre o tema, associado ao cuidado com usuários de álcool e outras drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Paranhos Jalles, Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais.

Viviane Silva Januário dos Santos, Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais
Acadêmica de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais.
Amanda Márcia dos Santos Reinaldo, Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Escola de Enfermagem, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG, Belo Horizonte, MG, BR. Professora Associada; Doutora em Enfermagem Psiquiátrica.
Publicado
2017-12-22
Como Citar
Jalles, M., Santos, V., & Reinaldo, A. (2017). Análise da produção científica sobre comunicação terapêutica no campo da saúde, saúde mental e álcool e outras drogas. Revista De Medicina, 96(4), 232-240. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v96i4p232-240
Seção
Artigos