Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Modelo sintético de traqueia para a realização de traqueostomia e cricotireoidostomia: melhorando as opções de treinamento com alternativa de baixo custo para o ensino na graduação médica

Natássia Alberici Anselmo, Kênia Maria Jordão Cazon, Amely Covalero da Silva Pinto, Antonio Carlos Morale Guerra Junior, Carlos Dario da Silva Costa, Raphael Raphe

Resumo


Modelos experimentais sintéticos têm sido aplicados em diversas áreas de treinamento das habilidades. Nesse sentido, foi desenvolvido um modelo para treinamento de traqueostomia e cricotireoidostomia, reutilizável por até quatro vezes, com custo baixo (cinco reais), montado em tempo curto (cerca de 15 minutos). Trinta e sete alunos de um curso de medicina realizaram os procedimentos com o modelo sintético criado e, na sequência, opinaram anonimamente sobre sua eficácia, vantagens e desvantagens em relação ao treino de habilidades, por meio de um questionário semiestruturado. Como resultados, mais de 70% dos estudantes declararam que essa seria a melhor maneira de complementar o aprendizado das técnicas cirúrgicas e que o maior benefício se deu pela possibilidade de praticar diversas vezes o procedimento, visto que a aquisição de uma habilidade só pode ser obtida com de exaustivo treinamento. Entretanto, 40% dos alunos que responderam o questionário apontaram as dificuldades do material sintético, principalmente com relação à sua pouca maleabilidade. Vale observar também que o material de treinamento biológico possui muitas desvantagens, como durabilidade, dificuldade de armazenamento, alto custo, não ser reutilizável e o fato de as normas de sociedades protetoras dos animais estarem cada vez mais rigorosas. Concluindo, modelos de baixo custo que são reutilizáveis e o mais fidedigno possível à realidade, como o deste estudo, demonstram a sua importância na disciplina de habilidades como uma alternativa para complementar o aprendizado da técnica.


Palavras-chave


Desenvolvimento experimental; Traqueostomia/educação; Tecnologia de baixo custo; Materiais de ensino; Estudantes de medicina; Educação médica; Ensino; Treinamento por simulação/métodos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v97i1p24-29

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.