NEU: recurso de aproximação do estudante de medicina com a comunidade

  • Ana Clara Drummond Scarponi Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Natália Fernanda Ferreira Brum Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Gabriella Maciel Fiamoncini   Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Angélica Fernandes Teixeira Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Bruna Pimenta Valente Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Karina Cristina Kopper Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Karina Vieira Resende Ignacchiti Pimentel Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Roberta Duarte Sampaio Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Sandra Carvalho de Almeida Braga Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Deborah Luíza Sicupira Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
  • Fabiano Gonçalves Guimarães Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Palavras-chave: Relações comunidade-instituição, Assistência integral à Saúde, Participação da comunitária, Estudantes de medicina, Educação médica/recursos humanos, Humanização da assistência, Expedições.

Resumo

Fazem parte da formação do profissional médico o fortalecimento da cidadania e a capacitação para atuar na promoção e prevenção da saúde em diferentes realidades socioculturais. Assim, o Núcleo de Extensão Universitária (NEU) do curso de medicina – UNIFENAS - BH foi planejado como um recurso que proporcionará o intercâmbio de saberes entre acadêmicos de medicina, docentes e a comunidade. Objetivo: o NEU propõe uma maior vinculação entre universitários e membros da comunidade, a fim de aproximá-los da realidade brasileira, bem como atuar em localidades carentes por meio de projetos variados, ressaltando a importância da medicina humanizada. Método: Em julho de 2016, o NEU, durante sete dias, realizou sua primeira expedição em Urucânia – MG. Foram desenvolvidas oficinas de música, higienização e abordados temas, como violência e educação sexual para crianças e adolescentes. Com a população adulta foi debatido sobre violência contra a mulher, vínculo afetivo, saúde do homem e amamentação. Por demanda da cidade, foi incluído um projeto para o centro de reabilitação de usuários de drogas. Para o público idoso a abordagem incluiu oficinas de hipertensão e diabetes, grupo de caminhada e visitas ao asilo. Além do público-alvo já mencionado, as atividades abrangeram educadores, agentes municipais de saúde e lideranças comunitárias. Resultados: As ações promovidas pelo NEU foram positivas para a população de Urucânia, bem como para os membros do grupo, possibilitando reflexões que engrandeceram a formação acadêmica e pessoal dos integrantes. Em relação às dificuldades, o grupo enfrentou, em alguns momentos, falta de estrutura, desinteresse de algumas instituições e a imprevisibilidade do público. Conclusão: Nessa expedição, a verdadeira essência do ser médico se mostrou efetiva, contribuindo para o desenvolvimento do município e para o fortalecimento do conceito de corresponsabilidade social entre acadêmico e comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Clara Drummond Scarponi, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 10º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Natália Fernanda Ferreira Brum, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 8º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Gabriella Maciel Fiamoncini  , Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 11º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Angélica Fernandes Teixeira, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 10º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Bruna Pimenta Valente, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 11º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Karina Cristina Kopper, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 7º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Karina Vieira Resende Ignacchiti Pimentel, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 11º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Roberta Duarte Sampaio, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 10º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Sandra Carvalho de Almeida Braga, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Acadêmica do 11º período de Medicina da Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Deborah Luíza Sicupira, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Médica, Universidade José do Rosário Vellano, Belo Horizonte, MG, BR.
Fabiano Gonçalves Guimarães, Universidade José do Rosário Vellano - UNIFENAS - Campus Belo Horizonte
Possui graduação em medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1998) e Pós-graduação em Medicina de Família e Comunidade pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente é Médico de Família e Comunidade da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, professor da Graduação em Medicina e preceptor do Internato de Atenção Integral à Saúde da Universidade José do Rosário Vellano, Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina de Família e Comunidade, em Educação Médica e Extensão Universitária
Publicado
2017-09-29
Como Citar
Scarponi, A. C., Brum, N., Fiamoncini ,G., Teixeira, A., Valente, B., Kopper, K., Pimentel, K., Sampaio, R., Braga, S., Sicupira, D., & Guimarães, F. (2017). NEU: recurso de aproximação do estudante de medicina com a comunidade. Revista De Medicina, 96(3), 140-144. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v96i3p140-144
Seção
Artigos