Bases Neurais da Aprendizagem

Palavras-chave: Plasticidade neuronal, Educação, Aprendizagem, Ensino, Potenciação de longa duração.

Resumo

O sucesso e os mecanismos de aprendizado dos estudantes são cruciais para o avanço da educação e do conhecimento. Por este motivo a compreensão da base neural relacionada ao aprendizado, bem como a sua aplicação em programas de educação pode aprimorar o modo como os indivíduos adquirem conhecimento. No momento atual, os programas de educação são principalmente centrados em uma abordagem baseada no professor, a qual não é o método ideal para a retenção da informação. Ao invés, os programas deveriam estar focados em alcançar os três estágios de aprendizagem: codificação (“encoding”), consolidação (“consolidation”) e recuperação (“retrieval”). De fato, os métodos atuais não resultam sequer em uma significativa codificação (o primeiro estágio). Uma forte codificação está associada com a atenção e foco do indivíduo no material abordado. A consolidação vem do fortalecimento dos caminhos neurais, ao passo em que proporciona significado ao material que está sendo aprendido e estabelece fortes conexões para alcançar a potencialização de longo prazo. Finalmente, a recuperação é maximizada quando o conhecimento é totalmente estabelecido e um esquema alcançado. No geral, é importante levar em consideração como a educação afeta o aprendizado, e como esta pode ser utilizada para otimizá-lo. Levando em consideração a evidência neural existente, os sistemas de educação deveriam adotar uma abordagem centrada no aluno para melhorar a aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-15
Como Citar
Rocha, E., Costa, B., Ferreira, I., & Fregni, F. (2018). Bases Neurais da Aprendizagem. Revista De Medicina, 97(1), 1-6. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v97i1p1-6
Seção
Artigos/Articles