O Mini-CEX na avaliação de habilidades clínicas na graduação médica

Palavras-chave: Avaliação Educacional., Educação de graduação em medicina, Estudos de avaliação, Exames médicos, Competência clínica, Avaliação educacional, Estudantes de medicina, mini-CEX

Resumo

Introdução: Instrumentos de avaliação de habilidades clínicas na medicina são importantes para a análise do conhecimento, habilidades e atitudes do estudante. Dentre eles, o Mini Clinical Evaluation Exercise (mini-CEX) vem se destacando por avaliar o estudante em ambiente real de prática, além de fornecer feedback imediato. Objetivo: Realizar uma revisão sistemática da literatura sobre a aplicação do instrumento mini-CEX na graduação do curso de medicina. Métodos: As bases de dados pesquisadas foram: Eric, Pubmed e Science Direct. Através de duas estratégias de busca diferentes: Busca A, com período de pesquisa de 2011 a 2016 e a Busca B, com intervalo de 2006 a 2016, foram incluídos artigos que abordam o mini-CEX como instrumento de avaliação das habilidades clínicas em acadêmicos de medicina. Foram consideradas as características gerais dos estudos, o uso do mini-CEX na graduação médica e os critérios avaliados por esse instrumento. Resultados: Dos 140 artigos encontrados, três atenderam aos critérios de inclusão. Os estudos avaliaram as habilidades clínicas dos estudantes de medicina com o uso do mini-CEX, a partir da: habilidade de comunicação, atitude/profissionalismo, humanização, raciocínio clínico, habilidades de aconselhamento, organização/eficiência e competência clínica geral. Dentre essas competências, a anamnese, o exame físico e a capacidade de comunicação são melhores avaliados pelo mini-CEX quando comparado a outros métodos de avaliação de competências. Além disso, competências como comportamentos pessoal e profissional obtiveram as maiores pontuações gerais. Conclusões. O mini-CEX parece ser uma ferramenta eficaz, de fácil aplicação e confiável na avaliação das habilidades clínicas dos acadêmicos de medicina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Abdias Pereira Diniz Neto, Universidade Federal de Pernambuco - Campus Acadêmico do Agreste - Núcleo de Ciências da Vida

Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV) – Caruaru, PE, BR.

Clarice Freitas Timóteo de Lima, Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV) – Caruaru, PE, BR.

Kelly Rayane Paiva Carvalho, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Acadêmico de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV) – Caruaru, PE, BR.

Ruana Manso Porfírio dos Santos, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Roberto Santos Lima, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Professor Auxiliar da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV). Caruaru, PE, BR. 

Raphaella Amanda Maria Leite Fernandes, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV)

Professor Auxiliar da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – Campus Acadêmico do Agreste (CAA) – Núcleo Ciências da Vida (NCV). Caruaru, PE, BR. 

Referências

1. Fornells-Vallés JM. El ABC del mini-CEX. Educ Med. 2009;12(2):83-9. doi: 10.4321/s1575-18132009000300004.
2. Baños JE, Gomar-Sancho C, Guardiola E, Palés-Argullós J. La utilización del Mini Clinical Evaluation Exercise (mini-CEX) en estudiantes de medicina. Rev Fund Educ Med. 2015;18(16):417-26. doi: 10.4321/S2014-98322015000700010.
3. Megale L, Gontijo ED, Motta JAC. Avaliação de competência clínica em estudantes de medicina pelo Miniexercício Clínico Avaliativo (Miniex). Rev Bras Educ Med. 2009;33(2):166-75. doi: 10.1590/S0100-55022009000200002.
4. Higgins JPT, Green S. Cochrane handbook for systematic reviews of interventions. Version 5.1.0 [updated March 2011]. The Cochrane Collaboration, 2011. Available from: http://www.cochrane-handbook.org. doi: 10.1002/jrsm.38.
5. Torre DM, Elnicki DM, Sebastián JL, Holmboe ES. Feasibility, reliability and user satisfaction with a PDA-based mini-CEX to evaluate the clinical skills of third-year medical students. Teach Learn Med. 2007;19(3):271-7. doi: 10.1080/ 10401330701366622.
6. Castro A, Descarrega R, Parra S, Odeja R, Roma J, Vidal F, et al. Las competencias profesionales de los titulados en medicina mejoran con la introducción de un programa de simulación con pacientes estandarizados y MINIC-CEX. Procedia - Social Behav Sci. 2015;196:25-9. doi: 10.1016/j.sbspro.2015.07.005.
7. Hill F, Kendall K, Galbraith K, Crossley J. Implementing the undergraduate mini‐CEX: a tailored approach at Southampton University. Med Educ. 2009;43(4):326-34. doi: 10.1111 / j.1365-2923.2008.03275.x.
Publicado
2020-02-03
Como Citar
Diniz Neto, A., Lima, C., Carvalho, K. R., Santos, R., Lima, R., & Fernandes, R. A. (2020). O Mini-CEX na avaliação de habilidades clínicas na graduação médica. Revista De Medicina, 99(1), 35-39. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v99i1p35-39
Seção
Artigos de Revisão/Review Articles