Varicocele no adolescente: desafios na abordagem

Palavras-chave: Varicocele/terapia, Varicocele/fisiopatologia, Varicocele/epidemiologia, Adolescente, Terapêutica, Revisão.

Resumo

O manejo da varicocele em adolescentes continua sendo um dos tópicos mais interessantes e debatidos. Embora a crescente conscientização do comprometimento testicular induzido por varicocele tenha motivado diversos estudos, algumas das controvérsias na varicocele em adultos, em relação à fisiopatologia, tratamento e problemas de fertilidade, também podem ser transpostas para a população adolescente. Além disso, os adolescentes representam um grupo heterogêneo com desafios no diagnóstico, parâmetros clínicos e preditores de desfecho limitados. O desenvolvimento físico e puberal reflete-se em dificuldades para condutas padronizadas. O objetivo deste artigo é revisar os dados disponíveis da literatura sobre a apresentação, epidemiologia e patogênese da varicocele em crianças e adolescentes. Também abordamos as principais limitações e desafios da avaliação clínica e fornecemos evidências atuais sobre o dilema do tratamento com varicocele nesse subconjunto específico de pacientes. Opções de intervenção e resultados também são discutidos. A presente revisão baseia-se em uma busca eletrônica utilizando as bases de dados Pubmed / MEDLINE e referências dos artigos identificados realizadas entre março e maio de 2018.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-07-18
Como Citar
Cardoso, J. P., Tiseo, B., & Cocuzza, M. (2018). Varicocele no adolescente: desafios na abordagem. Revista De Medicina, 97(3), 301-307. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v97i3p301-307
Seção
Artigos/Articles