Atitudes e comportamentos dos diabéticos acerca das estratégias de prevenção e controle clínico do diabetes

Palavras-chave: Diabetes mellitus, Atitude, Autocuidado, Conhecimento, Educação em saúde

Resumo

Introdução: O Diabetes Mellitus (DM) constitui um dos principais agravos de saúde pública das doenças crônicas não transmissíveis no mundo. Atitudes adequadas dos diabéticos frente às recomendações dos profissionais da saúde são imprescindíveis para sucesso terapêutico. Ademais, o nível de conhecimento sobre a doença constitui um dos pontos principais para prevenção de complicações do diabetes. Objetivo: Avaliar atitudes e comportamentos dos diabéticos acerca das estratégias de prevenção e suas influências no controle clínico do diabetes. Casuística e Métodos: Estudo transversal descritivo e exploratório realizado em duas Unidades Básicas de Saúde no interior do estado de Sergipe. A coleta de dados se deu através de questionários e realização do exame clínico. Resultados: Ao total, foram aplicados 82 questionários onde todos possuíam o DM tipo 2. A maioria dos pacientes era do sexo feminino (75,6%) com média de idade de 61,74 ± 13,06 anos, 39% analfabetos e apenas 15% trabalham. Foi observado excesso de peso em 66% e sedentarismo em 74% dos pacientes. Cerca de 10% apresentam alguma complicação do diabetes, 8% afirmaram não fazer tratamento conforme recomendado e 5% apresentam algum grau de amputação de membros inferiores associado ao DM. Mais de 90% desconheciam sinais, causas e manejo da hipoglicemia e apenas 18,29% participaram de alguma atividade educativa sobre o cuidado com o pé diabético. Conclusão: Os resultados remetem à necessidade da realização de estratégias preventivas, objetivando a educação em saúde e promoção, para aumentar o conhecimento, e melhorar atitudes e comportamento dos pacientes diabéticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Laís Lima de Oliveira, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Graduada em Enfermagem, Universidade Federal de Sergipe (UFS). Lagarto-Sergipe, Brasil.  

Gêniton Santos Lima, Secretaria Municipal de Saúde

Agente Comunitário de Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, Frei Paulo-Sergipe, Brasil.  

Tiago da Silva Nunes, Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Graduando em Medicina, Universidade Federal de Sergipe (UFS). Aracaju-Sergipe, Brasil. 

Tauanny Aragão De Moura, Universidade de São Paulo (USP)

Médica Especialista em Medicina de Família. Residente em Geriatria pela Universidade de São Paulo (USP). São Paulo-São Paulo, Brasil.  

Diego Moura Tanajura, Laboratório de Patologia Investigativa, Hospital Universitário, UFS – Universidade Federal de Sergipe (UFS)

Professor Doutor do Departamento de Educação em Saúde da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Lagarto-Sergipe, Brasil. 

Publicado
2019-04-23
Como Citar
Oliveira, L., Lima, G., Nunes, T., Moura, T., & Tanajura, D. (2019). Atitudes e comportamentos dos diabéticos acerca das estratégias de prevenção e controle clínico do diabetes. Revista De Medicina, 98(1), 16-22. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v98i1p16-22
Seção
Artigos/Articles