Avaliação da repercussão dos sintomas depressivos na qualidade de vida de pacientes com DPOC

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v98i6p374-381

Palavras-chave:

Transtorno Depressivo, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, Qualidade de vida, Exacerbação dos sintomas, Pacientes

Resumo

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) associa-se frequentemente a múltiplas comorbidades, sendo a depressão frequente e na maioria das vezes, subdiagnosticada. Sua prevalência em pacientes portadores de DPOC varia de 10 a 42% - uma proporção muito maior que na população geral - e está relacionada a maiores taxas de exacerbações e admissões hospitalares, a maior gravidade dos sintomas, a piora da funcionalidade e por fim, ao aumento da mortalidade. Nesse contexto, a detecção do quadro depressivo em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica contribui para melhor qualidade de vida desses pacientes. Com o objetivo de avaliar a prevalência de sintomas depressivos em pacientes portadores de DPOC e analisar a repercussão desses sintomas na qualidade de vida, nas taxas de exacerbações, nas admissões hospitalares e na gravidade dos sintomas dos pacientes portadores dessa doença foi realizado um estudo não intervencional, descritivo e transversal no período de março de 2018 a outubro de 2018 no ambulatório de pneumologia da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais. Entre os resultados, a prevalência de sintomas depressivos foi de 25%. Ao contrário do que se esperava os sintomas foram mais comuns na população idosa e não houve associação significativa entre sexo e índice da função pulmonar. Os indivíduos com DPOC e sintomas depressivos apresentaram piores desfechos relacionados à qualidade de vida, exacerbações e internações hospitalares. Não foi possível comprovar se pacientes com piores padrões respiratórios desenvolvem sintomas depressivos ou se portadores de sintomas depressivos desenvolvem mais exacerbações por possivelmente apresentarem sintomatologia mais grave. Sendo necessário novos estudos para elucidar essas hipóteses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cristina Guimarães Mendes Alves, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG.

Ana Paula Vieira Machado Ramos, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG.

Bárbara Oliveira Paixão, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG.

Jéssica Faria Freitas, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG

Júnia Rios Garib, Instituto de Ensino e Pesquisa da Santa Casa de Belo Horizonte

Docente do Curso de Medicina na Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG. 

Natália Costa Freitas, Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais

Acadêmica de Medicina da Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais, Belo Horizonte – MG.

Referências

1. Laizo A. Doença pulmonar obstrutiva crónica: uma revisão. Rev Port Pneumol (Lisboa). 2009;15(6):1157-66. doi: https://doi.org/10.1016/S0873-2159(15)30197-5.
2. Eisner MD, Anthonisen N, Coultas D, Kuenzli N, Perez-Padilla R, Postma D, Romieu I, Silverman EK, Balmes JR. An official American Thoracic Society public policy statement: novel risk factors and the global burden of chronic obstructive pulmonary disease. Am J Respir Crit Care Med. 2010;182:693-718. doi: 10.1164/rccm.200811-1757ST.
3. Barnes PJ, Celli BR. Systemic manifestations and comorbidities of COPD. Eur Respir J. 2009;33(5):1165-85. doi: 10.1183/09031936.00128008.
4. Hanania NA, Müllerova H, Locantore NW, Vestbo J, Watkins ML, Wouters EMF, Rennard SI, Sharafkhaneh A. Determinants of depression in the ECLIPSE chronic obstructive pulmonary disease cohort. Am J Respir Crit Care Med. 2011;183(5):604-11. doi: 10.1164/rccm.201003-0472O.
5. Lee YS, Park S, Oh YM, Lee SD, Park SW, Kim YS, et al. Chronic obstructive pulmonary disease assessment test can predict depression: a prospective multi-center study. J Korean Med Sci. 2013;28(7):1048-54. doi: 10.3346/jkms.2013.28.7.1048.
6. Willgoss TG, Yohannes AM. Anxiety disorders in patients with COPD: a systematic review. Respir Care. 2013;58(5):858-66. doi: 10.4187/respcare.01862.
7. Vögele C, von Leupoldt A. Mental disorders in chronic obstructive pulmonary disease (COPD). Respir Med. 2008;102(5):764-73. doi: 10.1016/j.rmed.2007.12.006.
8. Schneider C, Jick SS, Bothner U, Meier CR. COPD and the risk of depression. Chest. 2010;137(2):341-7. doi: 10.1378/chest.09-0614.
9. Zhang MW, Ho RC, Cheung MW, Fu E, Mak A.Prevalence of depressive symptoms in patients with chronic obstructive pulmonary disease: a systematic review, meta-analysis and meta-regression. Gen Hosp Psiquiatria. 2011;33(3):217-23. doi: 10.1016/j.genhosppsych.2011.03.009.
10. Van Ede L, Yzermans CJ, Brouwer HJ. Prevalence of depression in patients with chronic obstructive pulmonary disease: a systematic review. Tórax. 1999;54(8):688-92. doi: 10.1136/thx.54.8.688.
11. Kunik ME, K Roundy, Veazey C, Souchek J, P Richardson, Wray NP, Stanley MA. Surprisingly high prevalence of anxiety and depression in chronic breathing disorders. Chest. 2005;127(4):1205-11. doi: 10.1378/chest.127.4.1205.
12. Ng TP, Niti M, Tan WC, Cao Z, Ong KC, Eng P. Depressive symptoms and chronic obstructive pulmonary disease: effect on mortality, hospital read- mission, symptom burden, functional status, and quality of life. Arch Intern Med. 2007;167(1):60-7. doi: 10.1001/archinte.167.1.60.
13. Jordan N, Lee TA, Valenstein M, Weiss KB. Effect of care setting on evidence-based depression treatment for veterans with COPD and comorbid depression. J Gen Intern Med. 2007;22(10):1447-52. doi: 10.1007/s11606-007-0328-8.
14. Underner M, Cuvelier A, Peiffer G, Perriot J, Jaafari N. The influence of anxiety anddepression on COPD exacerbations. Rev Mal Respir. 2018;35(6):604-25. doi: 10.1016/j.rmr.2018.04.004.
15. Maurer J, Rebbapragada V, Borson S, Goldstein R, Kunik ME, Yohannes AM, Hanania NA. Anxiety and depression in COPD: current understanding, unanswered questions, and research needs. Chest. 2008;134(4 Suppl):43S-56S. doi: 10.1378/chest.08-0342.
16. Hill K, Geist R, Goldstein RS, Lacasse Y. Anxiety and depression in end-stage COPD. Eur Respir J. 2008;31(3):667-77. doi: 10.1183/09031936.00125707.
17. Júnior JLRS, Conde MB, Corrêa KS, Silva C, Prestes LS, Rabahi MF. COPD Assessment Test (CAT) score as a predictor of major depression among subjects with chronic obstructive pulmonary disease and mild hypoxemia: a case–control study. BMC Pulm Med. 2014 Nov 28;14:186. doi: 10.1186/1471-2466-14-186.
18. Bock K, Bendstrup E, Hilberg O, Løkke A. Screening tools for evaluation of depression in Chronic Obstructive Pulmonary Disease (COPD). A systematic review. Eur Clin Respir J. 2017;4(1):1332931. doi: 10.1080/20018525.2017.1332931.
19. Silva GP, Morano MT, Viana CM, Magalhães CB, Pereira ED. Portuguese-language version of the COPD Assessment Test: validation for use in Brazil. J Bras Pneumol. 2013;39(4):402-8. doi: 10.1590/S1806- 37132013000400002.
20. Camelier A, Rosa F, Jones P, Jardim JR. Validação do questionário de vias aéreas 20 (“Airways questionnaire 20” - AQ20) em pacientes portadores de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) no Brasil. J Bras Pneumol. 2003;29(1):28-35. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-35862003000100007.
21. Pais-Ribeiro J, Silva I, Ferreira T, Martins A, Meneses R, & Baltar M. Validation study of a Portuguese version of the hospital anxiety and depression scale. Psychol Health Med. 2007;12(2):225-37. doi: 10.1080/13548500500524088.
22. Botega NJ, Bio MR, Zomignani MA, Garcia Jr C, Pereira WAB. Mood disorders among medical in-patients: a validation study of the hospital anxiety and depression scale (HAD). Rev Saude Publica. 1995;29(5);355-63. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101995000500004.
23. Global Initiative for Chronic Obstructive Lung Disease (GOLD). Global strategy for the diagnosis, management, and prevention of chronic obstructive lung disease 2018 Report. Available from: https://goldcopd.org/wp-content/uploads/2017/11/GOLD-2018-v6.0-FINAL-revised-20-Nov_WMS.pdf.

Downloads

Publicado

2019-11-27

Como Citar

Alves, A. C. G. M., Ramos, A. P. V. M., Paixão, B. O., Freitas, J. F., Garib, J. R., & Freitas, N. C. (2019). Avaliação da repercussão dos sintomas depressivos na qualidade de vida de pacientes com DPOC. Revista De Medicina, 98(6), 374-381. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v98i6p374-381

Edição

Seção

Artigos/Articles