Desafios e sucessos de um Serviço de Saúde Mental para estudantes da saúde

a experiência do GRAPEME UNICAMP

Palavras-chave: Depressão, Estudantes de medicina, Saúde mental, Ansiedade, Esgotamento profissional, Serviços de saúde

Resumo

A elevada prevalência de sofrimento psíquico presente nos estudantes de medicina, pode acarretar em transtornos mentais, uso de substâncias psicoativas e comportamentos prejudiciais, além de impactar no aprendizado. Estes fatores levaram a Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp à criação de um serviço de apoio (GRAPEME) para os seus discentes em 1996. No decorrer dos anos, o GRAPEME sofreu diversas mudanças tanto na sua estrutura física e de recursos humanos, como nas diversas formas de atuação. Atualmente conta com o atendimento individual mas também com iniciativas de intervenções precoces e prevenção, a fim de minimizar o sofrimento e melhorar a qualidade de vida de seus alunos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliza Maria Tamashiro, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas

Mestre em saúde mental, médica psiquiatra do Grupo de Apoio ao Estudante- GRAPEME-FCM/UNICAMP

Natalia Aparecida Amaral, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas

Psicóloga do GRAPEME-FCM/UNICAMP.  

Adiene Heloisa Martins, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas

Psicóloga do GRAPEME-FCM/UNICAMP.  

Eloisa Helena Rubelo Valer Celeri, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas

Professora doutora do Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria da FCM/UNICAMP. Coordenadora do GRAPEME-FCM/UNICAMP. 

Joana Froes Bragança Bastos, Faculdade de Ciências Médicas, Universidade Estadual de Campinas

Professora doutora do Departamento de Tocoginecologia da FCM/UNICAMP. Coordenadora do curso de Graduação em Medicina da FCM/UNICAMP. 

Publicado
2019-05-07
Como Citar
Tamashiro, E., Amaral, N., Martins, A. H., Celeri, E. H., & Bastos, J. (2019). Desafios e sucessos de um Serviço de Saúde Mental para estudantes da saúde. Revista De Medicina, 98(2), 148-151. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v98i2p148-151
Seção
Relato de Experiência/Experience Report