Câncer de colo uterino – fatores de risco, prevenção, diagnóstico e tratamento

  • Maria Del Pilar Estevez Diz Instituto do Câncer do Estado de São Paulo; Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Rodrigo Bovolin de Medeiros Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Neoplasias do colo do útero/diagnóstico, Neoplasias do colo do útero/prevenção e controle, Neoplasias do colo do útero/quimioterapia, Neoplasias do colo do útero/radioterapia, Fatores de risco

Resumo

O câncer de colo uterino é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheresde todo o mundo e também no Brasil. Sua maior incidência se dá em mulheres entre45 e 49 anos de idade e estima-se que o rastreamento sistemático e o tratamento de lesõesprecursoras possam reduzir a mortalidade pela doença em até 80%. O principal fator de riscoé a infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) e já foram desenvolvidas vacinas contra osprincipais tipos oncogênicos do vírus. A redução da mortalidade decorrente dessa doençadepende da adoção de medidas de prevenção primária, de diagnóstico e tratamento de lesõesprecursoras bem como do diagnóstico e tratamento adequados das lesões invasivas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Del Pilar Estevez Diz, Instituto do Câncer do Estado de São Paulo; Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Coordenador Médico da Oncologia Clínica do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo – Faculdade de Medicina daUniversidade de São Paulo.
Rodrigo Bovolin de Medeiros, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Médico Residente do Programa de Residência Médica em Cancerologia Clínica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.O câncer de colo uterino é o segundo tipo de câncer mais frequente entre as mulheresde todo o mundo e também no Brasil. Sua maior incidência se dá em mulheres entre45 e 49 anos de idade e estima-se que o rastreamento sistemático e o tratamento de lesõesprecursoras possam reduzir a mortalidade pela doença em até 80%. O principal fator de riscoé a infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) e já foram desenvolvidas vacinas contra osprincipais tipos oncogênicos do vírus. A redução da mortalidade decorrente dessa doençadepende da adoção de medidas de prevenção primária, de diagnóstico e tratamento de lesõesprecursoras bem como do diagnóstico e tratamento adequados das lesões invasivas.
Publicado
2009-03-06
Como Citar
Diz, M. D. P., & Medeiros, R. (2009). Câncer de colo uterino – fatores de risco, prevenção, diagnóstico e tratamento. Revista De Medicina, 88(1), 7-15. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v88i1p7-15
Seção
Aprendendo