Fatores associados ao baixo peso ao nascer: um estudo retrospectivo

  • João Paulo Galiego Boscolo Universidade Estadual de Campinas
  • Luciano Renato Cavichio Universidade Estadual de Campinas
  • Nazira Mahayri Universidade Estadual de Campinas
  • Vicente José Camargo Barros Universidade Estadual de Campinas
  • Angela Maria Bacha Universidade Estadual de Campinas
  • Oswaldo Rocha Grassiotto Universidade Estadual de Campinas
Palavras-chave: recém-nascido, baixo peso ao nascer, prematuridade, retardo do crescimento intra uterino

Resumo

Foram estudadas retrospectivamente 26 variáveis referentes a aspectos pré-concepcionais, da gravidez, do parto e do recém-nascido, em 804 partos únicos ocorridos consecutivamente no Serviço de Obstetrícia da FCM/UNICAMP, entre julho de 1978 e março de 1979, em suas relações com o parto de recém nascidos com peso inferior a 2500 gramas. Este evento se evidenciou em 17,5% dos casos; a taxa de prematuridade foi de 12,8% e a freqüência de recém-nascidos a termo com retardo de crescimento intra uterino foi de 7,7%.
As variáveis que consistentemente se associaram com maiores freqüências de baixo peso ao nascer foram também estudadas buscando identificar a sua atuação em termos de induzir prematuridade e/ou retardo de crescimento intra uterino.
Discute-se à luz dos conhecimentos atuais o papel de cada variável atuando na gênese do baixo peso, atentando-se sempre para a realidade sócio-econômica e de saúde que envolve a população estudada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Paulo Galiego Boscolo, Universidade Estadual de Campinas
Acadêmico do 6º ano de Medicina, FCM/UNICAMP
Luciano Renato Cavichio, Universidade Estadual de Campinas
Acadêmico do 6º ano de Medicina, FCM/UNICAMP
Nazira Mahayri, Universidade Estadual de Campinas
Acadêmico do 6º ano de Medicina, FCM/UNICAMP
Vicente José Camargo Barros, Universidade Estadual de Campinas
Acadêmico do 6º ano de Medicina, FCM/UNICAMP
Angela Maria Bacha, Universidade Estadual de Campinas
Professora Assistente Departamento de Tocoginecologia da FCM/UNICAMP.
Oswaldo Rocha Grassiotto, Universidade Estadual de Campinas
Professor Assistente Departamento de Tocoginecologia da FCM/UNICAMP.
Publicado
1983-12-30
Como Citar
Boscolo, J. P., Cavichio, L. R., Mahayri, N., Barros, V. J., Bacha, A. M., & Grassiotto, O. (1983). Fatores associados ao baixo peso ao nascer: um estudo retrospectivo. Revista De Medicina, 65(2), 6-11. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v65i2p6-11
Seção
Não definida