Utilidade diagnóstica dos procedimentos e medidas no exame clínico de radiculopatias lombossacrais segundo os princípios da Medicina Baseada em Evidências: revisão sistemática

  • Carlos Souto dos Santos Filho Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, Hospital das Clínicas, Instituto de Medicina Física e Reabiblitação
  • Eduardo Costa Sá Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Serviço de Saúde Ocupacional
Palavras-chave: Técnicas e procedimentos diagnósticos, Medicina baseada em evidências, Radiculopatia, Região lombossacral

Resumo

A importância da incorporação da Medicina Baseada em Evidência na capacidade dos testes e medidas clínicas em predizer diagnósticos de radiculopatias não pode ser menosprezada. A síndrome radicular lombossacral é auto-limitante na maioria dos casos e os sintomas desaparecem espontaneamente em semanas ou meses. Já a cronificação produz importante incapacidade física e laboral. Diante da falta de conhecimento técnico, fez-se uma revisão de literatura sobre a utilidade diagnóstica dos testes clínicos para esta patologia. Este estudo teve por objetivo pesquisar as melhores práticas médicas baseada em evidências científicas dos procedimentos e medidas no exame clínico e os critérios diagnósticos das radiculopatias lombossacrais, listar os testes mais utilizados, levantar as propriedades diagnósticas dos testes, além de avaliar a objetividade destes. Os autores realizaram uma discussão de 53 artigos selecionados nas bases de dados Medline, Web of Science, Embase, Scopus, Lilacs e SciELO, usando como descritores “Evidence-based Medicine”, “Diagnostic Techniques and Procedures”, “Radiculopathy”, “Lumbosacral Region”, “Diagnostic Tests”, “Nerve Compression Syndromes”, “Diagnostic Techniques, Neurological”, “Reliability”, “Validity”, “Physical Examination”, “Neurologic Examination”, “Signs”, “Sensitivity and Specificity”, “Predictive Value of Tests”, “Sciatica” e “Confidence Intervals”, bem como seus correspondentes em português e espanhol. Os autores enfatizaram neste trabalho os aspectos epidemiológicos, os critérios diagnósticos, a confiabilidade e a utilidade diagnóstica dos testes clínicos em radiculopatias lombossacrais. Uma avaliação completa baseada nos melhores testes clínicos é fortemente recomendada na literatura médica. Faz necessário mais estudo para delinear as propriedades de testes menos conhecidos

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Souto dos Santos Filho, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho, Hospital das Clínicas, Instituto de Medicina Física e Reabiblitação
Especialização em Medicina do Trabalho no Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e Médico Fisiatra do IMREA do Hospital das Clínicas da FMUSP
Eduardo Costa Sá, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas, Serviço de Saúde Ocupacional
Médico do Trabalho Chefe II do Serviço de Saúde Ocupacional do Hospital das Clínicas da FMUSP e Oftalmologista. Mestre em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Publicado
2011-09-11
Como Citar
Santos Filho, C., & Sá, E. (2011). Utilidade diagnóstica dos procedimentos e medidas no exame clínico de radiculopatias lombossacrais segundo os princípios da Medicina Baseada em Evidências: revisão sistemática. Revista De Medicina, 90(3), 133-143. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v90i3p133-143
Seção
Artigos