Análise das características dos pulmões disponibilizados para transplante no Estado de São Paulo

Autores

  • Jader Joel Machado Junqueira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Daniel Reis Waisberg Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Gustavo Sousa Noleto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Marcos Naoyuki Samano Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Paulo Manuel Pêgo-Fernandes Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Fabio Biscegli Jatene Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v87i1p44-57

Palavras-chave:

Transplante de pulmão, Doadores de tecido, Seleção de doador, Estudos retrospectivos.

Resumo

Objetivos: Analisar a taxa de aproveitamento de pulmões disponibilizados em SãoPaulo em 2006, bem como caracterizar o perfi l dos doadores de pulmão deste período. Métodos: Estudo retrospectivo de 497 prontuários de doadores de pulmão, no período de jan/2006a dez/2006. Resultados: Dos 497 prontuários analisados, 149 (30%) não tiveram os pulmõesdoados, sendo excluídos do estudo. Dos 348 doadores eleitos para o estudo, 56,9% eram dosexo masculino, com idade média de 37,4±16,1anos. As principais causas da morte cerebralforam: AVC (40,5%), TCE (34,2%) e HSA (10,9%). A grande maioria recebia drogas vasoativas (90,5%), sendo que 13,5% haviam apresentado parada cárdio-respiratória. Do ponto de vistainfeccioso, o leucograma médio foi de 15008 ± 6467mm3, 67,8% recebiam antibioticoterapia e26,1% apresentavam infecção pulmonar. Quase 40% dos doadores apresentavam alteraçõesradiográfi cas. Apenas 4,9% dos doadores foram aceitos, representando 28 pulmões (taxa deaproveitamento de órgãos de 4,0%). Os motivos de recusa foram: alteração gasométrica (30,1%),infecção (23,7%) e distância (10,9%). Conclusão: A taxa de aproveitamento de pulmões emnosso meio é baixa. Além disso, mais de 50% das recusas deveram-se a gasometria arterialinadequada e infecção pulmonar. Aliar melhor cuidado ao potencial doador à menor rigidez noscritérios de seleção poderia aumentar a utilização dos órgãos doados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jader Joel Machado Junqueira, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Acadêmico do curso de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Daniel Reis Waisberg, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Acadêmico do curso de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Gustavo Sousa Noleto, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Acadêmico do curso de medicina da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP).

Marcos Naoyuki Samano, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Médico, Pós-graduando de Cirurgia Torácica da FMUSP.

Paulo Manuel Pêgo-Fernandes, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Professor Associado da Disciplina de Cirurgia Torácica da FMUSP.

Fabio Biscegli Jatene, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina

Professor Titular da Disciplina de Cirurgia Torácica da FMUSP.

Downloads

Publicado

2008-03-18

Como Citar

Junqueira, J. J. M., Waisberg, D. R., Noleto, G. S., Samano, M. N., Pêgo-Fernandes, P. M., & Jatene, F. B. (2008). Análise das características dos pulmões disponibilizados para transplante no Estado de São Paulo. Revista De Medicina, 87(1), 44-57. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v87i1p44-57

Edição

Seção

Artigos Médicos