Idade, tabagismo, hipertensão arterial, altura e sexo feminino são determinantes de envelhecimento vascular avaliados pela segunda derivada da fotopletismografia digital

  • Bruno Caldin da Silva Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Fernanda Marques de Deus Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Denise V. Santos Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Cristiane Nogueira Lauretti Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Fernando R. Mattos Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Adriana M. Fernandes Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
  • Luiz Aparecido Bortolotto Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Instituto do Coração
Palavras-chave: Efeito idade, Tabagismo, Hipertensão, Fatores de risco, Envelhecimento celular, Endotélio vascular.

Resumo

OBJETIVO: Avaliar os fatores de risco cardiovascular (RCV) determinantes dos índices de função arterial obtidos pela segunda derivada da fotopletismografia digital (SDPTG) em uma população de funcionários de uma instituição de ensino privado da cidade de São Paulo. MÉTODOS: Foram obtidos dados antropométricos e clínicos, medidas de pressão arterial (PA) com aparelho automático Microlife em 238 indivíduos de 23 a 72 anos (média 40,1 ± 9), 105 mulheres / 133 homens. A SDPTG foi registrada automaticamente pelo dispositivo Dynapulse, com o sensor localizado no 2º dígito da mão direita; da SDPTG obtivemos ondas a, b, c e d na sístole e e na diástole, e foram calculados as relações b/a, d/a e o índice de envelhecimento vascular (AGI) = [(b-c-d-e)/a], respectivamente, marcadores de distensibilidade arterial, intensidade das ondas de reflexão e envelhecimento vascular. A idade vascular (IVS) foi estimada a partir de dados comparativos do AGI obtido e valores de uma população normal. Os indivíduos foram considerados com índices vasculares piores, se tivessem valores superiores à média mais o desvio padrão. Hipertensão arterial (HA) foi definida como PA>140x90mmHg ao exame ou referida pelo paciente. RESULTADOS: Na análise de regressão logística, a possibilidade de AGI elevado relacionou-se positiva e independentemente com idade > 50anos (Odds Ratio-OR = 17,24), tabagismo (O.R. = 3,82) e sexo feminino (O.R. = 6,05); menor relação b/a com idade > 50 anos (O.R. = 6,37), enquanto a relação d/a relacionou-se com sexo feminino (O.R. = 3,90). A maior IVS relaciona-se à idade (OR = 8,85), sexo feminino (OR= 4,0) e HAS (OR = 2,42). A análise multivariada mostrou que altura se relaciona com AGI (Mean Square – MS = 0,701) e D/A (MS = 0,279), enquanto que este último parâmetro também é influenciado pela PA diastólica (MS = 0,168) e PA média. CONCLUSÕES: Os índices vasculares obtidos pela SDPTG têm influência dos principais fatores de RCV e outros fatores a serem considerados em sua análise. A distensibilidade arterial (b/a) é relacionada à idade enquanto a intensidade da reflexão das ondas de pulso (d/a) tem influência do sexo feminino, altura e PA. O envelhecimento vascular sofre influências da HA, do tabagismo, idade e altura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno Caldin da Silva, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmico do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Fernanda Marques de Deus, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmica do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Denise V. Santos, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmica do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Cristiane Nogueira Lauretti, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmica do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Fernando R. Mattos, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmico do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Adriana M. Fernandes, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina
Acadêmica do 5º ano do curso médico da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Luiz Aparecido Bortolotto, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Instituto do Coração
Médico assistente do Serviço de Hipertensão do InCor/FMUSP
Publicado
2007-03-26
Como Citar
Silva, B., Deus, F., Santos, D., Lauretti, C., Mattos, F., Fernandes, A., & Bortolotto, L. (2007). Idade, tabagismo, hipertensão arterial, altura e sexo feminino são determinantes de envelhecimento vascular avaliados pela segunda derivada da fotopletismografia digital. Revista De Medicina, 86(1), 6-13. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v86i1p6-13
Seção
Artigos Médicos