Propostas para revisão dos critérios clínicos de morte encefálica

  • Almir Ferreira de Andrade Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Robson Luis Oliveira de Amorim Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Wellingson Silva Paiva Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Eberval Gadelha Figueiredo Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Leonardo Borges de Barros e Silva Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Manoel Jacobsen Teixeira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Palavras-chave: Morte encefálica/diagnóstico, Transplante de órgãos/legislação & jurisprudência, Transplante de órgãos/normas.

Resumo

Atualmente, quase 70 mil pessoas aguardam doação de órgãos no Brasil. O Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo – HCFMUSP é referência em transplantes de órgãos e tecidos e, ao mesmo tempo que se realizam cirurgias de alta complexidade, capacita os profissionais de saúde, sendo um facilitador para a integração dos mesmos. A morte encefálica hoje deve ser considerada uma emergência médica, pois pode salvar várias vidas. O seu diagnóstico é realizado de acordo com a Resolução do Conselho Federal de Medicina nº 1.480/97 e, baseado nessa resolução e em nossa experiência com todo o processo de captação até o transplante, apresentamos neste artigo propostas para evitar a perda de potenciais doadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Almir Ferreira de Andrade, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Prof. Livre docente e Coordenador da Equipe de Neurocirurgia de Emergência, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Robson Luis Oliveira de Amorim, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Divisão de Neurocirurgia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Wellingson Silva Paiva, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Divisão de Neurocirurgia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Eberval Gadelha Figueiredo, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Divisão de Neurocirurgia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Leonardo Borges de Barros e Silva, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Coordenador da Organização de Procura de Órgãos, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Manoel Jacobsen Teixeira, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
Professor Titular da Disciplina de Neurocirurgia, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Publicado
2007-09-26
Como Citar
Andrade, A., Amorim, R., Paiva, W., Figueiredo, E., Silva, L., & Teixeira, M. (2007). Propostas para revisão dos critérios clínicos de morte encefálica. Revista De Medicina, 86(3), 132-137. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v86i3p132-137
Seção
Aprendendo