Agentes e procedimentos anestésicos no tratamento das dores de origem muscular

  • Valberto de Oliveira Cavalcante Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Roberto de Oliveira Rocha Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas
  • Manoel Jacobsen Teixeira Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Neurologia
  • Raquel Cunha Gonçalves Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Palavras-chave: Anestesia e analgesia/métodos, Dor/terapia, Síndromes da dor miofascial/terapia.

Resumo

A infiltração dos pontos gatilho nas síndromes dolorosas miofasciais com anestésicos locais ou com toxina botulínica é
eficaz no tratamento de várias afecções álgicas músculo-esqueléticas. Os bloqueios anestésicos da cadeia simpática são eficazes no tratamento e no preparo para o tratamento de doentes que apresentam síndrome complexa de dor regional. O implante de catéteres nos plexos nervosos, ao longo dos troncos nervosos e ou no compartimento espinal para analgesia prolongada é procedimento útil em doentes que aguardam condutas terapêuticas definitivas ou durante a execução de procedimentos de reabilitação que potencialmente agravam condições álgicas pré-existentes. As complicações decorrentes dos procedimentos anestésicos são relacionadas especialmente com a técnica empregada e natureza ou quantidade dos agentes utilizados; na maioria das vezes são passíveis de prevenção e de tratamento satisfatório. Os autores descrevem aspectos históricos, aspectos farmacocinéticos dos agentes e procedimentos
anestésicos no tratamento da dor músculo-esquelética.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valberto de Oliveira Cavalcante, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas

Médico Anestesiologista Assistente do Serviço de Anestesia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e membro do Centro de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Roberto de Oliveira Rocha, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Hospital das Clínicas

Residente da Disciplina de Anestesiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, membro da Liga de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Manoel Jacobsen Teixeira, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina, Departamento de Neurologia

Médico neurocirurgião. Prof. Dr. do Departamento de Neurologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Chefe do Centro de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Diretor da Liga de Dor do Centro Acadêmico Oswaldo Cruz da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e do Centro Acadêmico XXXI de Outubro da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo.

Raquel Cunha Gonçalves, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem

Aluna de graduação do Curso de Enfermagem da Escola de Enfermagem da Universidade de São Paulo. Membro do Centro Interdisciplinar de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Publicado
2001-12-20
Como Citar
Cavalcante, V., Rocha, R., Teixeira, M., & Gonçalves, R. (2001). Agentes e procedimentos anestésicos no tratamento das dores de origem muscular. Revista De Medicina, 80(spe2), 262-275. https://doi.org/10.11606/issn.1679-9836.v80ispe2p262-275