[1]
M. Rodrigues e I. Galvão, Estudantes de medicina dos três primeiros anos são os principais ingressantes na Liga Acadêmica de Medicina de Urgência e Emergência, Rev. Med. (São Paulo), vol. 96, nº 3, p. 136-139, set. 2017.