Slow movement

reação ao descompasso entre ritmos sociais e biológicos

  • Rafael Chequer Bauer Universidade de Jena. Institutos de Sociologia e de Literatura Germanística
  • Alexandre Panosso Netto Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades
  • Luiz Gonzaga Godoi Trigo Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades
Palavras-chave: Ritmos Biológicos Ritmos Sociais Slow Movement

Resumo

Este artigo discute o descompasso entre os ritmos biológicos e os ritmos sociais emergentes a partir da Revolução Industrial. Para tal, são apresentados indícios de mudanças rítmicas nas últimas décadas, acarretando um processo contínuo e profundo de aceleração e mecanização sociocultural, predominante nas estruturas societárias capitalistas. Em seguida, discute-se a relação entre ritmos sociais e ritmos biológicos, com a contribuição conceitual advinda da Cronobiologia. Por fim, destaca-se o processo de surgimento e consolidação do Slow Movement nas últimas décadas, tornando-se mais um indício da desarticulação temporal vivenciada nos dias atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Chequer Bauer, Universidade de Jena. Institutos de Sociologia e de Literatura Germanística

formado em Germanística e pós- graduando da Universidade de Jena, Alemanha, onde trabalha nos Institutos de Sociologia e de Literatura Germanística.

Alexandre Panosso Netto, Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades

graduado em turismo, professor associado, atuando na EACH/USP desde 2006, atua na área de teoria do turismo, principalmente nos temas de educação em turismo, teorias de turismo, planejamento turístico e epistemologia do turismo.

Luiz Gonzaga Godoi Trigo, Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades

filósofo, professor titular, atuando na EACH/USP desde 2005, com experiência na área de Turismo, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, turismo, educação, sociedade, política e entretenimento.

Publicado
2015-08-28
Como Citar
Bauer, R., Panosso Netto, A., & Trigo, L. G. (2015). Slow movement. Revista Estudos Culturais, (2). Recuperado de http://www.revistas.usp.br/revistaec/article/view/149519
Edição
Seção
Dossiê Temporalidades