Para una historia conceptual de lo social

  • Carlos Illades

Resumo

até agora, a história conceitual tem tomado como objeto de estudo fundamental a linguagem política, deixando de lado o conjunto de significados referentes ao social. Podemos considerar isso como uma consequência da hegemonia do pensamento liberal dentro do discurso público e das repercussões do que ele produziu dentro do campo historiográfico. Ainda que pouco se tenha trabalhado nele, tanto o materialismo cultural – Raymond Williams, Richard Hoggart e E. P. Thompson – como “a história vista de baixo” – Thompson, Eric Hobsbawm, George Rudé, Christopher Hill e Rodney Hilton – oferecem um corpus o suficientemente vasto para recuperar a história conceitual do social.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-31
Como Citar
Illades, C. (2015). Para una historia conceptual de lo social. Intelligere, 1(1), 16-25. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2015.108484