Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Jörn Rüsen e sua contribuição para a didática da história

Maria Auxiliadora Schmidt

Resumo


A partir do recorte acerca da obra de Jörn Rüsen no que se refere à sua teoria da aprendizagem histórica, se  propõe  analisar as contribuições para a pesquisa e para a educação histórica. De um lado, a apropriação destas contribuições,  tendo como referência e fundamentação a teoria da História, é algo a ser acolhido e anunciam um novo paradigma para a  relação entre aprendizagem e ensino de História, o que se propõe a realizar na  primeira parte deste trabalho. De outro, a partir destes pressupostos, foram tomadas como objeto de análise investigações que vem sendo realizadas no Brasil, na área do ensino de História, que  têm como referência teórica o pensamento ruseniano. Resultados destas pesquisas, ainda que parciais, indicam várias questões a serem levadas em consideração, no que se refere à aprendizagem das crianças e jovens, seja em ambiente escolar ou outros ambientes de aprendizagem. Ademais, suscitam novas questões de investigação, que também serão apontadas neste trabalho.

 

 

 


Palavras-chave


Didática da História Jörn Rüsen; Historical Learning; History Teaching Methodology;

Texto completo:

PDF

Referências


Joaquim Prats, “Enseñar Historia: notas para uma didáctica renovada”, Consejeria de Educacion, Ciencia y Tecnologia. Junta de Extremadura (Mérida), 2001

Jörn Rüsen, História Viva. Teoria da História III: formas e funções do conhecimento histórico (Brasília: Editora da Unb, 2007).

Jörn Rüsen. Contribuições para uma Teoria da Didática da História. Curitiba: W & A Editores, 2016.

Jörn Rüsen. Humanismo e Didática da História. Curitiba: W & A Editores, 2015

Jörn Rüsen, Aprendizagem Histórica: Fundamentos e Paradigmas (Curitiba: W & A Editores, 2012.

Jörn Rüsen, Teoria da História. Uma teoria da história como ciência (Curitiba: Editora da UFPR, 2015), 19.

Luis Fernando Cerri, “Didática da História: uma leitura teórica sobre a História como prática”, Revista de História Regional (Ponta Grossa-PR), no. 16(2), 2010.

Marilia Gago, “Consciência histórica e narrativa na aula de história: concepções de profesores” (Tese de doutorado, Universidade do Minho. Instituto de Educação e Psicologia, 2007).

Oldimar Cardoso, “Para uma definição de Didática da História”, Revista Brasileira de História (São Paulo), v.28, n.55. 2008.

Peter Lee, “Em direção a um conceito de literacia histórica”, Revista Educar. Dossiê Especial Educação Histórica, (Curitiba: Editora da UFPR, 2006).

Peter Lee, “Literacia Histórica e História Transformativa”, Revista Educar, (Curitiba: Editora da UFPR, n.60, 2016), 2.

Rafael Saddi, “Didática da História como subdisciplina da ciência da História”, Revista História & Ensino (Londrina : UEL), v.16, n.1, 2010.

Raimundo Cuesta Fernandez, Sociogénesis de una disciplina escolar: la Historia (Barcelona: Ediciones Pomares-Corredor) 1998.

Ronaldo Cardoso Alves, “Aprender história com sentido para a vida: consciência histórica em estudantes brasileiros e portugueses”(Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, 2011).

SCHMIDT, M.A./BARCA, I./ MARTINS, E.R. (orgs.) Jörn Rüsen e o Ensino de História. Curitiba: Editora da UFPR, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2017.127291

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Maria Auxiliadora Schmidt