Finalmente um lugar para a história da arte no Brasil?

Controvérsias e disputas entre comunidades científicas

  • Danielle Rodrigues Amaro1 Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: História da arte no Brasil, História da ciência, Comunidades científicas, Processos de legitimação, Controvérsias

Resumo

Tendo como ponto de partida as controvérsias acerca da criação recente de bacharelados em história da arte em universidades públicas brasileiras, o presente artigo tem como objeto central as disputas institucionais e epistemológicos entre as comunidades científicas de historiadores e de historiadores da arte. A problematização das histórias da arte produzidas nas universidades brasileiras são fundamentais ao debate acerca do que se compreende por história da arte no Brasil hoje e estão diretamente relacionadas ao amadurecimento e à consolidação da autonomia da história da arte enquanto campo científico no país. Para isso, são usadas como fontes: entrevistas; documentos oficiais produzidos pelas duas comunidades científicas em disputa; e documentos relacionados ao trâmite do PL 4699/2012, que regulamenta a profissão de historiador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Rodrigues Amaro1, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Doutora em História Social

Publicado
2018-12-31
Como Citar
Amaro1D. (2018). Finalmente um lugar para a história da arte no Brasil?. Intelligere, (6), 22. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2018.154444
Edição
Seção
Artigos