A formação intelectual de Sérgio Buarque de Holanda

  • Rodrigo Ruiz Sanches Faculdade Barretos
Palavras-chave: Sérgio Buarque de Holanda, Modernismo, Intelectuais, Estado

Resumo

Neste artigo, discutimos a formação humana e acadêmica de Sérgio Buarque de Holanda. Percebemos que o contato com a crítica literária e com o modernismo marcou o jovem historiador de várias maneiras, pois revelou a aguda crítica e a escolha pela escrita leve, mas profunda, em que transparece toda sua erudição, lapidada, gradativamente, com os anos de experiência. É nesse momento que se formou o escritor Sérgio Buarque de Holanda, que depois transformou-se em historiador (aliás, ele nunca deixou de ser as duas coisas). A idéia central deste artigo é revelar a gênese do intelectual independente que foi Sérgio Buarque de Holanda, presente desde seus primeiros escritos, mas, sobretudo, em seus discursos e ações. O recorte compreende as décadas de 20, 30, 40 e 50 do século XX. Entendemos que esse período corresponde aos anos em que Sérgio iniciou sua vida profissional, atuou como crítico literário e optou pela profissão de historiador.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AVELINO FILHO, George. (1987), “As raízes de Raízes do Brasil”. Novos Estudos CEBRAP, São Paulo, n.18, set.

BARBADO JR, Roberto. (2004), “Os intelectuais, a política e o Departamento de Cultura de São Paulo”. Revista Trapézio, Campinas, n.3/4, 1º sem.

BARBOSA, Francisco de Assis (Org.). (1989), Raízes de Sérgio Buarque de Holanda. Rio de Janeiro, Rocco.

BARBOSA, Francisco de Assis. (1988), “Verdes anos de Sérgio Buarque de Holanda: ensaio sobre sua formação intelectual até Raízes do Brasil”. In:_________. Sérgio Buarque de Holanda vida e obra. São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura/IEB-USP.

CANDIDO, Antônio. (1989), “A Revolução de 30 e a Cultura”. In: _________. A Educação pela noite & outros ensaios. São Paulo, Ática.

DIAS, Maria Odila Leite Silva (Org.). (1985), Sérgio Buarque de Holanda – historiador. In: _______ Sérgio Buarque de Holanda. São Paulo, Ática. (Coleção Grandes Cientistas Sociais, 51).

EULÁLIO, Alexandre. (1993), “Sérgio Buarque de Holanda – Escritor”. In: HOLANDA, S B. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro, José Olympio.

GRAHAM, Richard. (1987), “Uma entrevista”. Revista do Brasil, Rio de Janeiro, v.3, n.6.

HOLANDA, S.B. (1996), O Espírito e a Letra I e II. São Paulo, Cia. das Letras.

____________(1979), Tentativas de mitologias. São Paulo, Perspectiva.

____________ (1962), “Discurso do Sr. Sérgio Buarque de Holanda”. Revista da Academia Paulista de Letras, São Paulo, v.22, n.67, jul.

____________ (2004), “Corpo e alma do Brasil – entrevista de Sérgio Buarque de Holanda”. Novos Estudos CEBRAP, n. 69, p. 03- 14.

JANOTTI, M.L.M. (2000), “O diálogo convergente: políticos e historiadores no início da república”. In: FREITAS, Marcos César de. Historiografia brasileira em perspectiva. São Paulo, Contexto.

LAMOUNIER, Bolívar. (1977), “Formação de um pensamento político autoritário na primeira República : uma interpretação”. In: FAUSTO, Boris (Org. ). O Brasil Republicano. Rio de Janeiro, Difel, Tomo III. (Coleção História Geral da Civilização Brasileira, 2).

LEONEL, Maria Célia. (1984), Estética Revista Trimestral e Modernismo. São Paulo, Hucitec.
¬¬¬¬¬
MICELI, Sérgio. (2001), Intelectuais à brasileira. São Paulo, Cia. das Letras.

MICELI, Sérgio. (1979), Intelectuais e a classe dirigente no Brasil. São Paulo, Difel.

NEMI, Ana Lúcia Lana. (2003), “Os intelectuais nos anos 20: caminhos e ambigüidades”. Campinas, Trapézio, n. 3/4.

PÉCAUT, Daniel. (1990), Os intelectuais e a política no Brasil. São Paulo, Ática.

PRADO, Antônio Arnoni. (1998), “Raízes do Brasil e o modernismo”. In: Sérgio Buarque de Holanda e o Brasil. São Paulo, Fundação Perseu Abramo.
¬¬¬¬¬¬¬
SARTRE, Jean-Paul. (1993), Que é a literatura? São Paulo, Ática.

SILVA, Helenice Rodrigues. (2002), Fragmentos da história intelectual – entre questionamentos e perspectivas. Campinas, Papirus.

WITTER, José Sebastião. (2002), “Sérgio Buarque de Holanda 1902 – 2002”. Notícia Bibliográfica e Histórica, Campinas, n. 187, out-dez, p. 297-306.
Publicado
2019-12-30
Como Citar
Sanches, R. (2019). A formação intelectual de Sérgio Buarque de Holanda. Intelligere, (8), 25. https://doi.org/10.11606/issn.2447-9020.intelligere.2019.165028
Edição
Seção
Artigos