Memoria, pronunciatio e a arte de compor na mente

Autores

  • Stefano Lorenzetti Conservatory of Music of Vicenza

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v16i1.125006

Palavras-chave:

memória, performance, composição improvisada, oralidade, escrita.

Resumo

Memória é, na renascença, a relação conceitual que une performance e composição musical. Uma análise destes dois aspectos a partir do ponto de vista da memória possibilita compreender o valor operacional deste sistema mnemônico no processo de acumular e relembrar o material musical relacionado ao ato de produzir/compor e executar música.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-25

Como Citar

Lorenzetti, S. (2016). Memoria, pronunciatio e a arte de compor na mente. Revista Música, 16(1), 41-67. https://doi.org/10.11606/rm.v16i1.125006