As árias de memória das velhas amas de leite da ópera veneziana do século XVII

Autores

  • Ligiana Costa Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v16i1.125015

Palavras-chave:

Ária de Memória, Ama de Leite, Ópera Veneziana, Século XVII

Resumo

Entre os topoi da ópera veneziana emergente o caráter da velha enfermeira cômica molhada aparece com destaque importante. Durante um século de sua presença nos palcos venezianos foram 114 personagens. Umas das marcantes características desta tipologia de personagens é a nostalgia do passado que se concretiza no que chamamos aqui de árias de memória. Ao se lembrar de sua juventude a ama de leite provoca em sua jovem protegida o desejo pelo carpe diem, apoiada pelo conceito de memento mori, colabo-rando indiretamente para os desenlaces dramatúrgicos. Este artigo faz um percurso por algumas destas árias e das diferentes tipologias internas deste topos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-25

Como Citar

Costa, L. (2016). As árias de memória das velhas amas de leite da ópera veneziana do século XVII. Revista Música, 16(1), 217-230. https://doi.org/10.11606/rm.v16i1.125015