Música, Metáfora e Conceitos Estéticos

Autores

  • Nick Zangwill Hull University

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v17i1.144601

Palavras-chave:

Música, Metáfora, Realismo Estético, Conceitos Estéticos

Resumo

Uma parte importante do realismo estético é a ideia de que os conceitos estéticos designam propriedades estéticas. No caso da música, o realista estético sustenta que os conceitos estéticos que aparecem nas experiências e nos julgamentos estéticos em muitos casos designam propriedades estéticas da música (e talvez dos sons que a constituem). Empregamos conceitos estéticos para representar propriedades estéticas que a música possui. Entretanto, tem sido discutido – principalmente por Roger Scruton – que existem problemas na compreensão do realista estético sobre a relação entre conceitos estéticos e não estéticos. Acredita-se que esses problemas sejam gerados pelo uso das metáforas na descrição da música e da experiência musical. No presente trabalho tratarei de algumas questões que isto levanta, em resposta a alguns pontos abordados por Malcolm Budd, e veremos que o realismo estético precisa ser desenvolvido em uma certa direção. Neste artigo, eu desenvolvo e defendo o realismo estético mais do que argumento contra visões não realistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-21

Como Citar

Zangwill, N. (2017). Música, Metáfora e Conceitos Estéticos. Revista Música, 17(1), 63-88. https://doi.org/10.11606/rm.v17i1.144601