Bakhtín e a Semiótica Musical Contemporânea

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v17i1.144612

Palavras-chave:

Bakhtín, Leonard Ratner, semiótica musical, tópicas musicais

Resumo

Considerando a notável relevância dos estudos de Mikhaíl Bakhtín (1895-1975) para o desenvolvimento da semiótica, este trabalho apresenta elementos de correlação entre sua teoria e o estudo dos estilos, tipos e tópicas musicais por Leonard Ratner (1980), e suas implicações ideológicas. Esta perspectiva conduz ao conceito de imaginação na consideração da metáfora como elemento desestabilizador do sentido da linguagem, o que a aproximaria da música na perspectiva de uma teoria geral da cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-03-21

Como Citar

Camargo, L., & Salles, P. de T. (2017). Bakhtín e a Semiótica Musical Contemporânea. Revista Música, 17(1), 277-291. https://doi.org/10.11606/rm.v17i1.144612