Domenico Scarlatti e a Cultura Portuguesa

Autores

  • Humberto D'Ávila Conselho Português da Música

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v3i2.55043

Resumo

O Libro di Tocate per Cembalo do Instituto Português do Patrimônio Cultural - IPPC (FCR 194.1), onde se copiam 60 sonatas, é por si mesmo um exemplar único no espólio do compositor Domenico Scarlatti e até agora desconhecido. Ao se proceder ao cotejo do incipit de cada peça com o das Sonatas reconhecidas do mestre napolitano, de todas as sonatas compiladas, uma havia, a nº 25 da série, que não coincidia com qualquer outra, era desconhecida e podia, pois, considerar-se inédita. O achado era de festejar, pois se verificava no próprio ano de 1985, o dos centenários do nascimento de Bach, Händel e Scarlatti. Ademais da inclusão da sonata inédita, na tonalidade de lá maior, preferida do autor, contém outras informações que acrescentam o seu valor documental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Humberto D'Ávila, Conselho Português da Música

Musicólogo e investigador. Fundador da Juventude Musical Portuguesa. Antigo diretor do Departamento de Musicologia do Instituto Português do Patrimônio Cultural. Presidente da Assembleia Geral do Conselho Português da Música.

Downloads

Publicado

1992-11-01

Como Citar

D’Ávila, H. (1992). Domenico Scarlatti e a Cultura Portuguesa. Revista Música, 3(2), 105-117. https://doi.org/10.11606/rm.v3i2.55043

Edição

Seção

Artigos