De Villa-Lobos, Uma Ciranda Além das Sete Notas

Autores

  • Paulo Justi UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v3i2.55046

Resumo

A "Ciranda das Sete Notas" para fagote e orquestra de cordas de Heitor Villa-Lobos pertence a um seleto grupo de obras da história da música. Tendo acompanhamento de uma pequena orquestra (sem instrumentos de sopros), a obra permite uma exibição tranqüila e completa por parte do solista, que não terá os receios causados pelo grande volume sonoro da orquestra sinfônica completa. Segundo o ilustre professor Noel Devos (Rio de Janeiro), Villa-Lobos escreveu uma peça explorando ao máximo as capacidades técnicas e sonoras do fagote e esta admiração pelo raro instrumento estaria relacionada com as viagens que Villa fizera pela Europa, onde teria tido a oportunidade de conhecer ótimos fagotistas. Como se verá mais adiante, pode-se concluir que há muito mais entre as viagens de Villa e a "Ciranda das Sete Notas".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Justi, UNICAMP

Professor de Fagote no Instituto de Artes da Unicamp.

Downloads

Publicado

1992-11-01

Como Citar

Justi, P. (1992). De Villa-Lobos, Uma Ciranda Além das Sete Notas. Revista Música, 3(2), 173-183. https://doi.org/10.11606/rm.v3i2.55046

Edição

Seção

Artigos