A Bélgica e a Recepção da Música Erudita Brasileira

Autores

  • Álvaro Guimarães Universidade de Gent

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v6i1/2.59114

Resumo

Este artigo aborda, por um lado, a produção musical atual na Bélgica e, por outro, a recepção da música brasileira ali. São temas que admitem ampla reflexão sobre o fazer musical. Tentar desenvolvê-los, simultânea e certamente alterando-os, em um texto, pouco mais que um esboço, não parece, a princípio, apresentar grandes dificuldades. Trata-se, seria desnecessário lembrar, de uma reflexão sobre problemas envolvidos na prática de música erudita (de alta cultura, séria), no presente caso tomada não em oposição à música popular (de entretenimento, ligeira), mas como um aspecto de uma atividade cultural bastante ampla e multifacetada, apresentando características específicas e distintas em seus modos de produção e apropriação (veiculação, transmissão, consumo etc.).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Álvaro Guimarães, Universidade de Gent

Pesquisador e doutorando em Musicologia na Universidade de Gent, Bélgica

Downloads

Publicado

1995-12-23

Como Citar

Guimarães, Álvaro. (1995). A Bélgica e a Recepção da Música Erudita Brasileira. Revista Música, 6(1-2), 150-169. https://doi.org/10.11606/rm.v6i1/2.59114

Edição

Seção

Artigos