Aspectos Internos do Fazer Musical num Congado de Minas Gerais

Autores

  • Rosa Maria Barbosa Zamith Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/rm.v6i1/2.59116

Resumo

Entre as tradições populares do Estado de Minas Gerais, o "Congado", destaca-se como sendo uma das manifestações de maior expressividade. Trata-se de um folguedo popular brasileiro, de caráter religioso, que se apresenta em forma de cortejo real incluindo cantos, danças e, freqüentemente, entrechos com representações teatrais. Nossa pesquisa, que teve início em 1988, prosseguindo nos anos subseqüentes, foi centrada no Congado Guarda N. Sra. do Rosário de Themístocles Pereira Leão, da cidade de Inhaúma, Minas Gerais. A música é, sem dúvida alguma, a grande constância da festa. Está presente nos três dias, nas diferentes etapas, servindo de suporte para a realização de todas as atividades. Expressa-se através de cantos e toques da Guarda N. Sra. do Rosário, de hinos religiosos da Igreja Católica, de repertório executado pela banda de música local na procissão do domingo e por música sertaneja, veiculada pelos meios de comunicação de massa e ouvida ao lado da capela. A importância da música é constatada não somente pela quantidade do repertório, mas também pela variedade de formas sacras e profanas com que ela se expressa, o que nos leva a questionar sobre o que seria deste Congado e da festa do Rosário sem a música. Para este artigo, centralizaremos nossas observações exclusivamente no repertório executado pela Guarda, por ser o mais tradicional. Sua aprendizagem se baseia na tradição oral, com uma forma de transmissão do saber eminentemente prática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosa Maria Barbosa Zamith, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor Adjunto da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Mestre em Etnomusicologia e Responsável pelo Centro de Pesquisas Folclóricas da EM/UFRJ.

Downloads

Publicado

1995-12-23

Como Citar

Zamith, R. M. B. (1995). Aspectos Internos do Fazer Musical num Congado de Minas Gerais. Revista Música, 6(1-2), 203-227. https://doi.org/10.11606/rm.v6i1/2.59116

Edição

Seção

Artigos