Os Três Quartetos de Cordas de Alberto Nepomuceno

  • Anderson Rocha Universidade de São Paulo

Resumo

Os Quartetos de Cordas de Alberto Nepomuceno foram escritos entre 1889 e 1891 e tiveram como referencial mais direto a música do Romantismo alemão, corrente que significou, em seu contexto, verdadeira alternativa de "modernização" na música brasileira. Trata-se de composições da sua juventude - pertencentes ao período de estudos na Europa - que fizeram
parte dos trabalhos exigidos pelos seus professores daquela fase. É justo supor que, ao compor os quartetos, Nepomuceno tenha encontrado no repertório cultivado no Club Beethoven uma de suas grandes motivações, já que o autor fez parte da agremiação carioca, como pianista e professor, de 1885 a 1888. Em determinadas situações, essas mesmas obras evidenciam também a intenção do autor em adaptar elementos da cultura popular nacional ao idioma musical por
ele adotado, reunindo assim as duas temáticas presentes na sua trajetória de compositor: a nacional e a universal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anderson Rocha, Universidade de São Paulo
Violinista e Mestrando em Musicologia pelo Departamento de Música da ECA/USP.
Publicado
1999-12-06
Como Citar
Rocha, A. (1999). Os Três Quartetos de Cordas de Alberto Nepomuceno. Revista Música, 10, 153-163. https://doi.org/10.11606/rm.v10i0.61759
Seção
Artigos