Arqueologia da primeira casa de fundição de ouro do Brasil, Iguape, SP

Autores

  • Maria Cristina Mineiro Scatamacchia Museu de Arqueologia e Etnologia da USP
  • Célia Maria Cristina Demartini Museu de Arqueologia e Etnologia da USP
  • Marcelo Pini Prestes Faculdade da Cidade de Franca
  • Antonio César Granero

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2012.107022

Palavras-chave:

Arqueologia Histórica, Casa de Fundição, Iguape, Ouro

Resumo

O objetivo do artigo é apresentar o resultado da pesquisa arqueológica realizada no quintal da casa onde atualmente está localizado o Museu Municipal da cidade de Iguape. A escavação arqueológica visou confirmar a indicação de o local ter sido originalmente a primeira casa de fundição de ouro, uma vez que em decorrência das várias transformações sofridas pela construção, não existia na atualidade nenhuma evidência material desta antiga atividade. A pesquisa realizada evidenciou os remanescentes que confirmaram a atividade de fundição de ouro no terreno comprovando a informação histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Cristina Mineiro Scatamacchia, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP

Profa.Dra. Livre docente em Arqueologia Brasileira, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, Bolsista do CNPq.

Célia Maria Cristina Demartini, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP

Dra. em Arqueologia, especialista em museu, Museu de Arqueologia e Etnologia da USP.

Marcelo Pini Prestes, Faculdade da Cidade de Franca

Arquiteto, urbanista, mestre em Arqueologia, Faculdade da Cidade de Franca

Antonio César Granero

Bacharel e licenciado em História

Downloads

Publicado

2012-11-26

Como Citar

Scatamacchia, M. C. M., Demartini, C. M. C., Prestes, M. P., & Granero, A. C. (2012). Arqueologia da primeira casa de fundição de ouro do Brasil, Iguape, SP. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (22), 111-122. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2012.107022

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)