La antigüedad del Hombre en el nordeste de Brasil

Autores

  • Gabriela Martin Universidade Federal de Pernambuco.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1992.108964

Palavras-chave:

Arqueologia americana, Povoamento da América, Datação

Resumo

Entre os pré-historiadores americanistas existem várias tendencias em relação à antiguidade do povoamento americano. As mais conservadoras não aceitam o povoamento do continente em datas anteriores a 20.000 anos e as mais avançadas chegam a admitir a possibilidade do homo erectus ter chegado à América 200 ou 300 mil anos atrás. Neste artigo resume-se os dados cronológicos conhecidos em relação a esse tema em comparação aos dados relativos ao Nordeste do Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Martin, Universidade Federal de Pernambuco.

Universidade Federal de Pernambuco.

Downloads

Publicado

1992-12-13

Como Citar

Martin, G. (1992). La antigüedad del Hombre en el nordeste de Brasil. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (2), 7-12. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1992.108964

Edição

Seção

Artigos