A ocupação ribeirinha pré-colonial do médio Paranapanema.

Autores

  • Erika Marion Robrahn González Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1995.109221

Palavras-chave:

Arqueologia - Estado de São Paulo - Paranapanema - Ourinhos - Ceramistas - Caçadores-coletores.

Resumo

No andamento das pesquisas vinculadas ao “Projeto Paranapanema” realizaram-se, durante o ano de 1994, prospecções extensivas às margens do referido rio. Seu reconhecimento arqueológico se mostra particularmente interessante uma vez que as demais porções do médio vale se encontram submersas devido à construção de três Usinas Hidrelétricas, para as quais não foram realizadas pesquisas sistemáticas de salvamento. A área investigada constitui, portanto, o último trecho não inundado do médio curso do Paranapanema, onde ainda é possível reconhecer as características da ocupação pré-colonial ribeirinha, com todas as suas implicações para a compreensão dos assentamentos indígenas desenvolvidos na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erika Marion Robrahn González, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Pós-Graduação, doutoramento.

Downloads

Publicado

1995-12-18

Como Citar

González, E. M. R. (1995). A ocupação ribeirinha pré-colonial do médio Paranapanema. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (5), 99-116. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1995.109221

Edição

Seção

Artigos