Novas perspectivas para o estudo dos ceramistas pré-coloniais do Centro-Oeste brasileiro: a análise espacial do Sítio Guará 1 (GO-NI-IOO), Goiás.

Autores

  • Irmhild Wüs Universidade Federal de Goiás
  • Hellen Batista de Carvalho Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1996.109253

Palavras-chave:

Brasil Central - Análise espacial intra-sítio - Agricultores pré-coloniais - Cerâmica - Litico

Resumo

Este artigo apresenta os primeiros resultados da análise espacial do sítio Guará 1 (GO-NI-IOO), um sítio a céu aberto, filiado à tradição Uru que* se situa no Centro-Sul do Estado de Goiás. Os testes estatísticos multivariados evidenciaram diferenças significativas da cultura material nos diversos espaços do assentamento. As variações dos artefatos cerâmicos e líticos nas áreas residenciais são interpretadas em termos de uma hierarquia interna relacionada a aspectos da organização social e econômica, tais como produção e distribuição de implementos e o processamento e consumo de alimentos. Esta análise intra-sítio, embora predominantemente baseada na coleta sistemática total de superfície, evidencia o potencial desta abordagem para futuros estudos relativos à dinâmica interna e externa de grupos ceramistas agricultores do Brasil Central.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hellen Batista de Carvalho, Universidade Federal de Goiás

Graduanda em História na Universidade Federal de Goiás e Bolsista do CNPq.

Downloads

Publicado

1996-12-12

Como Citar

Wüs, I., & Carvalho, H. B. de. (1996). Novas perspectivas para o estudo dos ceramistas pré-coloniais do Centro-Oeste brasileiro: a análise espacial do Sítio Guará 1 (GO-NI-IOO), Goiás. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (6), 47-81. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1996.109253

Edição

Seção

Artigos