Critérios para o tratamento museológico de peças africanas em coleções: uma proposta de museologia aplicada (documentação e exposição) para o Museu AfroBrasileiro.

Autores

  • Marta Heloísa Leuba Salum Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Antropologia Social

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1997.109296

Palavras-chave:

África - Arte Africana - Arte afro-brasileira - Brasil-África, curadoria e histórico de coleções - Brasil, coleções africanas em museus - Cultura material, classificação e tipologia - Etno-estética africana - Museologia e Antropologia.

Resumo

Este texto reúne algumas reflexões sobre o processo de trabalho com coleções africanas em museus de arte e antropologia. Trata-se da determinação de uma tipologia classificatória de objetos etnográficos e de diretrizes teóricas que dão orientação a um processo de apreciação de acervo, a um projeto museológico e plano de exposição, bem como ao seu planejamento. Foi elaborada em função da necessidade de formular um projeto museológico para o Museu Afro-Brasileiro em Salvador, e de amparar sua implantação. Ela sinaliza elementos básicos de certos tipos de produção clássicos das culturas e da arte africana do ponto de vista patrimonial, típicos de uma coleção dessa natureza e confronta-os com a especificidade desse acervo através de um corpuspiloto de peças e objetos dele constituintes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Heloísa Leuba Salum, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Antropologia Social

Doutora em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

1997-12-19

Como Citar

Salum, M. H. L. (1997). Critérios para o tratamento museológico de peças africanas em coleções: uma proposta de museologia aplicada (documentação e exposição) para o Museu AfroBrasileiro. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (7), 71-86. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1997.109296

Edição

Seção

Artigos