Dos Tempos da Onça: sobre a significação de objetos dos Kamayurá (Alto Xingu).

Autores

  • Mona Birgit Suhrbier Museum für Völkerkunde Frankfurt am Main.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1999.109349

Palavras-chave:

Cultura material - Mitos e rituais - Arco e flecha - Rio Xingu, Mato Grosso.

Resumo

O artigo apresenta um método para interpretar objetos da coleção etnográfica do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Usando a análise estrutural de mitos e rituais, é explicado o significado de dois objetos (artefatos) da reserva indígena do Xingu, Mato Grosso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1999-12-17

Como Citar

Suhrbier, M. B. (1999). Dos Tempos da Onça: sobre a significação de objetos dos Kamayurá (Alto Xingu). Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (9), 195-204. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.1999.109349

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)