Estudo palinológico de coprólitos pré-históricos holocenos coletados na Toca do Boqueirão do Sítio da Pedra Furada. Contribuições paleoetnológicas, paleoclimáticas e paleoambientais para a região sudeste do Piauí - Brasil.

Autores

  • Sérgio Augusto de Miranda Chaves Fiocruz. Escola Nacional de Saúde Pública. Laboratório de Ecologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2000.109380

Palavras-chave:

Coprólitos - Análise polínica - Brasil - Paleoambiente.

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados das análise polínicas feitas em coprólitos humanos e de animais recolhidos no abrigo sob rocha da Toca do Boqueirão do Sítio da Pedra Furada. Esses coprólitos foram identificados por pesquisadores da escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) e foram tratados segundo a metodologia descrita por Chaves (1994, 1996, 1997) e Chaves e Renault-Miskovsky (1996). Os resultados forneceram dados que nos permitiram elaborar um quadro paleoclimático e paleoambiental da região estudada. Do ponto de vista paleoetnológico, os resultados das análises polínicas dos coprólitos humanos nos permitiram demonstrar a gama de plantas utilizadas pelos homens que habitaram a região por volta de 8.000 anos A.P..

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2000-12-22

Como Citar

Chaves, S. A. de M. (2000). Estudo palinológico de coprólitos pré-históricos holocenos coletados na Toca do Boqueirão do Sítio da Pedra Furada. Contribuições paleoetnológicas, paleoclimáticas e paleoambientais para a região sudeste do Piauí - Brasil. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (10), 103-120. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2000.109380

Edição

Seção

Artigos