Armas, templos e guerra: a natureza bélica do culto a Quetzalcóatl na Mesoamérica.

Autores

  • Alexandre Guida Navarro Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2002.109444

Palavras-chave:

Arqueologia pré-colombiana - Iconografia mesoamericana - Religião pré-hispânica - Guerra maia - Códices mexicanos - Crônicas mexicanas.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar as evidências bélicas do culto a Quetzalcóatl na Mesoamérica a partir da cultura material. Os dados que forneço provêm do estudo de várias imagens da divindade em contexto guerreiro, existentes nos templos de alguns sítios arqueológicos, principalmente Chichén Itzá. Concluo que Quetzalcóatl foi um componente ideológico de guerra durante o Clássico Final (700/950 d.C.), propondo uma revisão da concepção religiosa pré-hispânica, que, construída pelos missionários espanhóis após o período de Conquista do México no século XVI, prevalece até a contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Guida Navarro, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Doutorando em Arqueologia Pré-Colombiana.

Downloads

Publicado

2002-12-18

Como Citar

Navarro, A. G. (2002). Armas, templos e guerra: a natureza bélica do culto a Quetzalcóatl na Mesoamérica. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (12), 165-176. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2002.109444

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)