Objetos, paisagens e patrimônio: introdução

Autores

  • Claudia R. Plens Departamento de História, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.119007

Palavras-chave:

Arqueologia Histórica, multidisciplinaridade

Resumo

Este projeto de inventário do patrimônio de Guarulhos, embora traga uma longa pesquisa e múltiplas e profundas discussões, é apenas o gatilho inicial de um projeto que não se acaba em si, mas que instiga e permite o desenvolvimento de diversos projetos sobre arqueologia, história, cultura, patrimônio e memória por diferentes agentes da sociedade civil e entidades pública e privada. Quanto à proteção e conservação do patrimônio cultural, como discutido no artigo primeiro e nono, esta depende, sobretudo, das práticas que a própria sociedade gera em torno de seu patrimônio e da relação da sociedade em seus distintos segmentos sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Andrén, A. 1998. Between Artifacts and Texts: Historical Archaeology in Global Perspective. New York: Plenun Press.
Beaudry, M.; Parno, T. (Eds.). 2013. Archaeologies of Mobility and Movement. New York: Springer. Feinman.
Bowser, B.J.; Zedeño, M. N. 2999. The Archaeology of Meaningful Places. Salt Lake City: University of Utah Press.
Couto, M. 2011. E se Obama fosse africano?: e outras intervenções. São Paulo: Companhia das Letras.
Dean, W. 1996. A Ferro e Fogo. A história e a devastação da Mata Atlântica brasileira. São Paulo: Companhia das Letras.
Feinman, G. 1997. Thoughts on new approaches tocombining the archaeological and historical records. Journal of Archaeological Method and Theory. 4 (3-4):367-77.
Funari, P.P. 1999. Historical Archaeology from a World Perspective. In: Funari, P. P. Jones, S. e Hall, M. (Eds.). Historical Archaeology: back from the edge. One World Archaeology. London: Routledge, p. 37-66.
Funari, P.P.; Jones, S.; Hall, M. 1999. Historical Archaeology: back from the edge. One World Archaeology. London: Routledge.
Jordan, K. 2009. Colonies, Colonialism and Cultural Entaglement: The Archaeology of Past-Columbian Intercultural Relations. In: Majewski, T.; Gaimster, D. (Eds.). International Handbook of Historical Archaeology. New York: Springer, p. 31-49.
Jorge, J. 2006. Tietê, o rio que a cidade perdeu: São Paulo 1890-1940. São Paulo: Editora Alameda.
Kepecs, S. 1997. Introduction to New approaches to Combining the Archaeological and Historical Records. Journal of Archaeological Method and Theory, v. 4:193-98.
Orser, C. 1996. A Historical Archaeology of the Modern World. New York: Plenun Press. Pérez-Aguilar, A.; Barros, E.J.; Andrade, M.R.M.; Oliveira, E.S.; Juliani, C.; Oliveira, M.A.S. 2012. Geoparque Ciclo do Ouro, Guarulhos, SP. In: Schobehaus, C.; Silva, C. R. (Eds.). Geoparques do Brasil – Propostas. Brasília, CPRM, p. 541-582.
Plens, C.R. 2002. The São Paulo Railway Co. Ltda e a Vila de Paranapiacaba. Dissertação (Mestrado em Arqueologia) – Museu de Arqueologia e Etnologia. Universidade de São Paulo, São Paulo.
Plens, C.R. 2016. O Mistério dos Objetos. In: Dias, C.K.B.; Porto, V.C. (Orgs.). Fundamentos da Prática Arqueológica: Ensaios. Campinas, Laboratório de Arqueologia Pública, coleção digital, p. 115-120.
Prado Junior, C. 1966. A revolução brasileira. São Paulo: Editora Brasiliense.
Reis, N.G. 2013. As minas de ouro e a formação das Capitanias do Sul. São Paulo: Via das Artes.
Smith, L. 2006. Uses of Heritage. London: Routledge.
Stark, M.T.; Allen, J. 1998. The Transition to History in Southeast Asia: An Introduction. International Journal of Historical Archaeology, 2 (3):163-75.
Vilardaga, J.C. 2013. “As controvertidas minas de São Paulo (1550-1650)”. Varia Historia, Belo Horizonte, vol. 29 (51):795-815.
Zanettini, P. 1998. A Calçada do Lorena: o caminho para mar. Dissertação (Mestrado em Arqueologia). Museu de Arqueologia e Etnologia. Universidade de São Paulo, São Paulo.

Downloads

Publicado

2016-08-13

Como Citar

Plens, C. R. (2016). Objetos, paisagens e patrimônio: introdução. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (26), 1-9. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.119007

Edição

Seção

Dossiê